Novo ensino médio brasileiro: Entenda o que será o “Projeto de Vida”

A disciplina será obrigatória e entrará na nova grade curricular do ensino médio brasileiro. Veja mais!

A reformulação da grade curricular do ensino médio brasileiro contará com uma nova disciplina. As escolas públicas e privadas terão até 2023 para incorporar a proposta, chamada “Projeto de Vida”. Sendo obrigatória sua realização, a matéria tem como objetivo preparar o aluno para o mercado de trabalho e promover o autoconhecimento de suas habilidades e aspirações. Acompanhe a leitura e saiba mais sobre o que é o Projeto de Vida.

Leia mais: Novo Ensino Médio possibilitará aluno escolher o que quer estudar

Com o “Projeto de Vida”, os estudantes terão a oportunidade de conhecer melhor as áreas que mais o atraem, se aprofundarem em atividades específicas, saber as disciplinas que têm facilidade e quais valores elas têm para eles. Assim, os alunos poderão identificar qual profissão pretendem seguir num futuro próximo.

Crescimento pessoal do aluno

De acordo com Lucas de Briquez, empresário do ramo e professor, é preciso romper com o costume de ver o ensino médio como uma preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). “A sociedade pouco se dedica ao entendimento e apoio aos adolescentes. Ainda acredita-se que esses três anos de ensino médio servem apenas para realizar o Enem e entrar numa universidade. Neste período, os jovens estão passando pelas maiores transformações psicológicas e físicas de suas vidas, se preparando para o que vem a seguir: a fase adulta”, pontua.

Nesse sentido, a partir da oportunidade de experienciar essa matéria, o profissional afirma que os alunos serão estimulados a descobrir suas vocações e desejos. “É um processo de autoconhecimento, onde podem planejar os próximos passos”, ressalta.

Sobre a nova proposta

Para a neuropsicopedagoga Georgya Corrêa, a nova grade curricular ajuda os alunos a compreenderem a importância de aprender o que a escola está ofertando. “O ‘Projeto de Vida’ traz a possibilidade do estudante entender porque ele precisa conhecer, dá sentido para o estudo”, diz.

Além disso, segundo a mestre, a disciplina pode promover uma maior assimilação do mundo e das oportunidades da vida. “O estudante pode olhar para ele mesmo e ver quais habilidades faz sentido para ele e que ele gostaria de contribuir para o mundo”, afirma.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More