Sistema digestório

Anteriormente, esse sistema era conhecido como sistema digestivo. Vamos conhecê-lo?

0

O sistema digestório, anteriormente conhecido como sistema digestivo, é o responsável pela digestão dos alimentos ingeridos.

A digestão compreende na quebra das moléculas em partes menores para que o corpo consiga absorver os nutrientes necessários.

A duração do processo de digestão pode variar dependendo do alimento consumido e do metabolismo do organismo da pessoa.

Órgãos do sistema digestório

O sistema digestório é formado pelo trato digestório e pelos órgãos anexos.

Sistemas do corpo humano: sistema digestório
Sistemas do corpo humano: sistema digestório

Órgãos anexos

Os órgãos anexos são:

  • Glândulas salivares
  • Dentes
  • Língua
  • Pâncreas
  • Fígado
  • Vesícula biliar

Apesar de participarem do processo de digestão, eles não atuam em contato direto com o alimento, mas fornecem hormônios, enzimas e secreções para auxiliar o processo.

Trato digestório

Formado pela boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado e intestino grosso. Esses órgãos recebem o alimento, quebram em partes menores, absorvem nutrientes e eliminam as partes excedentes.

Boca

A boca é onde o processo de digestão começa, ela é a entrada do alimento no corpo. Nela, os alimentos são umidificados pela saliva, que é produzida pelas glândulas salivares.

Na boca também ocorre a mastigação, que é a primeira quebra do alimento de forma mecânica, os responsáveis por esse processo são os dentes e a língua.

Depois de mastigados, as moléculas de amido dos alimentos são quebradas ainda na boca, com a ação da enzima amilase salivar, também conhecida como ptialina.

Faringe

A faringe é um tubo musculoso de comunicação da boca com o esôfago. O início da faringe é chamado de istmo da garganta. Essa região compreende a parte posterior da língua, o palato mole e a epiglote.

O bolo alimentar só não entra nas vias respiratórias porque a epiglote se fecha e bloqueia a passagem para a laringe. Dessa forma o bolo alimentar é levado diretamente ao esôfago.

Esôfago

O esôfago é um tubo longo de, aproximadamente, 25 cm de comprimento. Através de movimentos peristálticos das suas paredes musculosas, isto é, as ondas de contrações involuntárias, o esôfago transporta o bolo alimentar até o estômago.

Estômago

O estômago tem o formato de uma bolsa e está localizado no abdômen. A principal função do estômago é fragmentar proteínas e lipídios.

A mastigação dos alimentos na boca, faz com que o cérebro envie um estímulo ao estômago para a produção de um líquido, chamado de suco gástrico, composto por ácido clorídrico, pepsina, lipase e renina.

O interior do estômago é revestido por uma mucosa gástrica recoberta por muco. Esse muco protege o estômago do suco gástrico, que é bastante corrosivo.

Um desequilíbrio no organismo pode causar a perda desse muco, quando isso acontece, ocorre a inflamação da mucosa, causando uma doença chamada gastrite. Se não for tratada, essa inflamação pode se transformar em feridas, causando a úlcera gástrica.

Quando o bolo alimentar entra em contato com o suco gástrico ele passa a se chamar quimo. A pepsina é a principal enzima do suco gástrico, ela é produzida pelo hormônio gastrina que, por sua vez, é sintetizado pelo próprio estômago.

O quimo é levado até o intestino delgado através de contrações do estômago que o empurram contra o piloro, a parte terminal do estômago que se comunica com a parte superior do intestino delgado.

Intestino delgado

É no intestino delgado que acontece a principal fase do processo digestivo: a absorção de nutrientes.

Ele é dividido em duodeno, jejuno e íleo. Após passar pelo piloro, o quimo chega até o duodeno e se mistura ao suco gastrointestinal, que irá auxiliar na transformação de proteínas em aminoácidos e, ao suco pancreático, que irá neutralizar a acidez do quimo.

Depois de misturado a esses sucos, os nutrientes são absorvidos e o quimo passa a se chamar quilo. O quilo, na verdade, são as substâncias que não puderam ser digeridas e, portanto, não servem para o organismo.

Intestino grosso

O intestino grosso é maior que o delgado e é responsável pela absorção da água e pela formação e eliminação das fezes através da decomposição e fermentação do quilo.

Ele é dividido em ceco, cólon e reto, possui 6,5 cm de diâmetro e 1,5 m de comprimento. O ceco é a parte que recebe o quilo vindo do intestino delgado e inicia a absorção de água.

O cólon recebe o bolo fecal e armazena até o momento da eliminação que ocorre através do reto.

Mapa mental – Sistema digestório

Que tal usar um mapa mental para sintetizar todo o conteúdo do sistema digestório?
Preparamos um para que você possa estudar sem complicações.

Mapa mental - Sistema digestório
Mapa mental – Sistema digestório.

Clique aqui para baixar o mapa mental em PDF!

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.