Tigres – Características, habitat, reprodução e subespécies

Os tigres são animais mamíferos e carnívoros. Atualmente, existem cinco subespécies do animal, que podem ser encontradas na Ásia.

0

Os tigres são felinos classificados como mamíferos e carnívoros. Ao todo, são descritas subespécies de tigres, sendo: tigre siberiano, tigre do sul da Índia, tigre de Sumatra, tigre de Bengala e tigre do Indochinês. Destas, apenas cinco sobrevivem.

O tempo de sobrevivência desses animais pode chegar a 20 anos em cativeiro e 15 no meio ambiente. O período de gestação dura cerca de 100 e 108 dias, podendo dar a luz, por ano, de dois a cinco filhotes.

Após o nascimento, os filhotes levam de um a dois anos para atingir a independência. Porém, antes de chegar nessa fase, a tigresa alimenta seus filhotes através da amamentação ou da caça. Além disso, os novos tigres aprendem a caçar o alimento.

Características dos tigres

As principais características dos tigres são:

  • Os tigres são caçadores;
  • carnívoros;
  • velozes;
  • Possuem hábitos diurnos;
  • Seu principal período de caça é à tarde e início da noite;
  • Visão noturna muito nítida. Apesar disso, nascem completamente cegos;
  • Considerados os maiores felinos do planeta, possuem cerca de 1,40m a 2,40m;
  • Excelente olfato;
  • audição aguda.

Habitat dos tigres

Os tigres podem ser encontrados Ásia. Normalmente, estão em bosques, estepes, florestas úmidas e bambuzais. Com isso, sua disposição geográfica inclui desde a Sibéria às ilha de Bornéu, além de Sumatra, na Indonésia.

Reprodução dos tigres

Existe um prazo de fertilidade das tigresas, que geralmente consistem em cinco dias ao ano. Para que a reprodução seja executada, é muito comum a espécie acasalar diversas vezes durante o período.

Após o acasalamento, demora cerca de três meses para que nasçam os filhotes. Normalmente, a espécie origina até três filhotes.  Assim que nascidos, as mães não desgrudam dos filhotes até que estes possam se defender sozinhos. Porém, os pais, não desenvolvem nenhum laço.

Além disso, os tigres podem acasalar com outros felinos. Por exemplo, o libre, que é o cruzamento entre tigresa e leão.

Subespécies de tigres

Os tigres, atualmente, possuem cinco subespécies, que são: Tigre Siberiano, Tigre do sul da China, Tigre Indochinês, Tigre de Bengala e Tigre Sumatra.

1 Tigre Siberiano

Tigre Siberiano

O Tigre Siberiano tem a coloração da pele mais clara que as outras subespécies. Suas linhas têm o tom amarronzado e são mais espaçadas. Tanto a parte frontal do abdômen quanto da cabeça, são esbranquiçadas.

2 Tigre de Sumatra

Tigre de Sumatra

Dentre todas as subespécies de tigre, o Tigre de Sumatra tem a coloração mais escura. Além disso, suas listras são pretas e duplas.

3 Tigre Indochinês

Tigre Indochinês


O Tigre Indochinês, comparado a outros, possui uma estatura menor. Sua pelagem é mais vibrante e suas listras são mais estreitas.

4 Tigre do Sul da China

Tigre do Sul da China


O Tigre do Sul da China possui a pelagem com um tom mais amarelado. As linhas dorsais do felino são mais próximas.

5 Tigre Bengala

Tigre Bengala


O Tigre Bengala possui a pelagem curta, além de listras pretas. Além disso, nos seus pelos, é possível encontrar variações com a cor branca.

Veja também: 

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.