Comunicação por aproximação: Veja se seu celular tem a função NFC

Essa tecnologia permite a interação entre dispositivos apenas pela aproximação. Confira!

Com o avanço da tecnologia, tornou-se viável realizar pagamentos apenas utilizando o seu aparelho celular, mas não usando a função de transferência ou Pix do seu banco. A função agora é realizada literalmente pela aproximação do seu celular em outro dispositivo. Sendo assim, NFC é o nome dessa tecnologia que permite enviar e receber informações entre esses dispositivos.

Leia mais: Apple testa recurso para transformar iPhone em maquininha de pagamentos

Essa tecnologia ficou conhecida por tornar os pagamentos muito mais fáceis e modernos, usando a aproximação. Entretanto, nem todos os aparelhos têm essa possibilidade. Por isso, veja se o seu celular é capaz de realizar essa forma de pagamento mais atual.

É importante frisar que essa funcionalidade é diferente das já existentes, como Bluetooth e Wi-Fi. Com isso, a NFC é sim uma tecnologia sem fio, mas que precisa que o aparelho esteja próximo para que haja o funcionamento. Veja a seguir se o seu celular tem a função NFC.

Passo a passo para o Android

Algumas funcionalidades do sistema Android são diferentes e permitem a transferência de arquivos como fotos e PDFs através do Android Beam, uma tecnologia de aproximação.

Primeiro, abra as configurações do seu aparelho. Em seguida, clique na opção de pesquisar e digite “NFC”. Caso o seu celular mostre algum resultado na busca para ativar ou desativar essa função, isso vai indicar que o seu dispositivo tem essa tecnologia.

Passo a passo para ver a função NFC no iPhone

A NFC surgiu para os aparelhos da Apple desde o iPhone 6, que suporta apenas pagamentos usando o Apple Pay. Com o tempo, a tecnologia melhorou, e a partir do iPhone 7, é possível ler etiquetas e até usar o aparelho para alugar patinetes e pagar alguns estacionamentos.

Os iPhones 7, 7 Plus, 8, 8 Plus e X têm NFC com leitura ativada. Caso o usuário queira ler tags com essa tecnologia, a função deve ser ativada nas configurações.

Os iPhones que vieram depois não precisam mais disso, levando em consideração que agora usam leitura passiva. Sendo assim, o usuário não precisa ativar nada para que o smartphone interaja com a tecnologia, funcionando automaticamente.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More