Xilema e floema

Vamos conhecer o sistema de condução das plantas?

O xilema e o floema compõem o sistema condutor das plantas chamadas de vasculares. Eles estão presentes em quase todas as plantas, sendo a única exceção o grupo das briófitas, que é avascular. 

Os tecidos condutores estão presentes em todos os órgãos das plantas, eles transportam água, sais minerais e, também, substâncias orgânicas provenientes da fotossíntese.

Além disso, eles podem fazer reserva de substâncias em suas células.

O que é xilema?

O xilema também pode ser chamado de “lenho”. Ele é o responsável pelo transporte de substâncias inorgânicas, antigamente chamadas de “seiva bruta”.

As substâncias inorgânicas são compostas basicamente por água e sais minerais, elas são transportadas no sentido ascendente, da raiz até as folhas.

Tipos de células

O xilema possui quatro tipos de célulaselementos de vaso, traqueídes, parênquima e fibras.

Os elementos de vaso possuem paredes secundárias que fazem com que eles morram na maturidade. As paredes têm placas de perfurações nas extremidades, que conectam uma célula a outra, formando uma coluna dentro do corpo da planta.

O fluxo de água nos elementos de vaso é contínuo e, portanto, mais eficiente. Isso é possível porque as placas de perfurações das extremidades das células fazem com que não existam barreiras.

As traqueídes são células vivas, portanto, sem parede secundária. Elas não possuem a placa de perfuração na extremidade e sim pontoações ao longo de toda parede celular primária.

A passagem da água através das pontoações evita a formação de bolhas dentro da planta, o que pode causar embolia e interromper o fluxo.

Quando acontece a embolia, a pressão faz com que as pontoações naquele local se fechem e desviem o fluxo de água para o elemento de vaso ao lado.

É importante lembrar que as pteridófitas e as gimnospermas geralmente possuem apenas traqueídes, parênquima e fibras, ou seja, os elementos de vaso são estruturas presentes, principalmente, nas angiospermas.

Células de xilema
Células de xilema

Xilema primário

O xilema primário é originado do procâmbio, sendo formado durante o crescimento primário, enquanto a planta cresce em comprimento. 

Como ele é formado nos estádios iniciais do desenvolvimento das plantas, as células do xilema primário ainda podem ser vivas, geralmente são alongadas, com citoplasma denso, têm núcleo bem definido e as paredes celulares primárias.

O primeiro xilema que se forma é chamado de protoxilema, após a diferenciação ele passa a ser chamado de metaxilema, e o depósito de lignina começa a ser mais intenso nas paredes fazendo com que as células morram.

Xilema Primário - protoxilema e metaxilema
Xilema Primário – protoxilema e metaxilema

Xilema secundário

O xilema secundário é proveniente do câmbio vascular, um meristema de crescimento secundário, ou seja, é nesse momento que a planta cresce lateralmente aumentando sua espessura.

Você sabia que a madeira que conhecemos nada mais é que o xilema secundário de uma árvore? Por esse fato dá pra termos noção do quanto o xilema pode ser resistente.

O que é floema?

O floema também é um tecido complexo, sua principal função é transportar seiva orgânica que é composta por aminoácidos, lipídios, hormônios e proteínas.

Esse transporte ocorre em direção contrária ao xilema, sendo iniciado nas folhas e indo em direção ao restante do corpo.

Tipos de células

O floema é composto por cinco tipos de células: células crivadas, elementos de tubo crivado, parênquima (não especializado e células companheiras), fibras e esclereídes.

As células crivadas e os elementos de tubo crivado são chamados de elementos crivados, eles possuem muitos poros que se aglomeram nas extremidades e é isso que dá o nome crivado a eles.

Todas as células do floema são vivas e são os poros que permitem a comunicação dos protoplastos de duas células distintas.

As células crivadas possuem poros mais finos que os elementos de tubo crivado e distribuídos por toda parede. Nos elementos de tubo crivado os poros estão concentrados formando as áreas crivadas e, também estão nas extremidades das células, formando a placa crivada. 

Células de floema
Células de floema

Floema primário

O floema primário é originado pelo procâmbio durante o início do desenvolvimento da planta.

Também é diferenciado em protofloema e metafloema, assim como o xilema primário.

Floema secundário

floema secundário é proveniente do câmbio vascular durante o crescimento secundário.

O câmbio vascular produz células de forma desigual e é por isso que, em crescimento secundário, a quantidade de xilema secundário é muito superior que a de floema secundário.

Xilema e Floema - estrutura anatômica
Xilema e Floema – estrutura anatômica

Veja também:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More