10 Dicas MATADORAS para estudar para o Enem

Estar preparado é fundamental para obter uma boa pontuação no exame nacional do ensino médio. Veja a seguir dicas de como estudar pro Enem.

0

A prova do Enem, Exame Nacional do Ensino Médio, serve para conseguir uma bolsa em faculdade particular, entrar na universidade pública sem a necessidade de vestibular tradicional, obter financiamento estudantil dentre outros pontos acadêmicos.

Para isso, é necessário obter uma quantidade satisfatória de pontos e, claro, alcançar um bom resultado na prova. Para tal, é preciso estar preparado. Essa preparação deve ocorrer de forma organizada, otimizada, disciplinada e produtiva.

Pensando nisso, apresentaremos dicas essenciais e ferramentas de apoio gratuitas sobre o Enem.

1 Como funciona o Enem?

Antes de qualquer dica, é de suma importância saber como funciona a dinâmica do Enem, bem como suas regras e características de aplicação do exame.

A avaliação é dividida em dois domingos e conta com 180 questões objetivas e uma redação. Funciona da seguinte forma:

Primeiro dia do Enem 2019

  • Questões de 1 a 45: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  • Questões de 46 a 90: Ciências Humanas e suas Tecnologias
  • Redação

Segundo dia do Enem 2019

  • Questões de 91 a 135: Ciências da Natureza e suas Tecnologias
  • Questões de 136 a 180: Matemática e suas Tecnologias

Sobre os conteúdos, um fator determinante na pontuação do Enem é entender que as questões são interdisciplinares e contextualizadas. Dessa maneira, é possível que em uma mesma questão seja exigido conhecimento em mais de uma área.

Junto a isso, atualidades são temas que costumam cair com frequência na prova. Por isso, se faz necessário um estudo exclusivamente dedicado ao acompanhamento das notícias.

2 Saiba o que mais cai na prova

Antes de qualquer maratona de estudo, veja aqui quais são os temas que mais caem no Enem, para averiguar quais assuntos mais necessitam de atenção especial e qual você tem mais afinidade.

Sem contar que é uma forma de evitar estudos desnecessários.

3 Cronograma de estudos

Quem nunca ficou desesperado com uma prova no dia seguinte pela qual você não sabia nada da matéria? A sensação é que o tempo não vai ser suficiente para estudar tudo o que precisa. Para evitar esse tipo de situação, é necessário fazer um plano de estudos personalizado conforme seus objetivos e necessidades.

O tempo de estudo que cada estudante deverá se dedicar depende do objetivo em questão. Em caso de ingresso em universidades públicas, especialistas recomendam que o estudo seja de, ao menos, três horas diárias, além do tempo dedicado à rotina escolar.

Ferramentas como computador, celular ou um caderno podem ser usadas para traçar um bom planejamento e método de estudos para sua rotina.

4 Refaça as questões de edições anteriores

Refazer questões antigas do Enem é uma forma de adaptação com o exame. À medida em que você se acostuma com o estilo de questões, isso se torna natural e muito mais fácil de resolvê-las.

Sem contar que as questões do Enem envolvem disciplinas múltiplas, possuem textos longos e exigem uma boa capacidade de interpretação.

Respondendo as questões do exame, é possível verificar em qual nível de dificuldade você se encontra e, assim, dedicar mais estudos a áreas que requerem maior atenção.

5 Faça simulados do Enem

Faça simulados do Enem

Com o conhecimento do estilo do exame, uma das dicas preciosas é a simulação da prova. Os simulados são de extrema importância já que são capazes de testar o conhecimento e treinar a concentração dentro do tempo de prova.

Para testar suas habilidades de forma mais próxima da situação do Enem, é recomendável evitar realizar pausas e ultrapassar o limite de tempo. Essas ações ajudam a não perder a hora no dia da prova.

O Enem tem duração de 5h30 no primeiro domingo e 5h no segundo.

6 Faça resumos

Suas próprias anotações sobre o tema estudado são uma ótima forma de fixar o conteúdo. A tentativa de explicar a matéria com suas próprias palavras e cores, os esquemas, facilitam muito o entendimento da matéria.

7 Revise o conteúdo

Por mais que você saiba o conteúdo, revisar nunca é demais. Para se certificar que seu estudo foi produtivo e fixar determinados temas na mente destine um momento da rotina para revisão.

Esta, pode ser feita pela leitura de seus resumos e fazer novos exercícios e simulados.

8 Treine redação

Sabemos que a redação é um dos pontos primordiais para a aprovação do estudante, e isso é motivo para insegurança de muitos.

A insegurança sobre o tema é um dos pontos cruciais que refletem na vida dos alunos. Veja aqui alguns possíveis temas para o ano de 2019.

Mas, independente do tema, é importante apostar na argumentação intercalando com assuntos atuais, históricos ou sócio-culturais.

Anualmente, o Inep divulga um Manual de Redação, contendo as informações que a banca espera de um texto dissertativo-argumentativo. Então, caso queira conferir os pontos que serão avaliados, é sempre bom dar uma olhada no documento.

Quer saber saber como alcançar nota máxima na redação? Enem: Saiba como alcançar nota mil na prova de redação

9 Assista vídeo aulas

Assista vídeo aulas

Sendo necessário apenas uma conexão à internet e um computador, celular ou tablet, as videoaulas para o Enem são formas práticas de estudo.

O melhor desse tipo de método é a possibilidade de pausar quando for necessário para anotar o que for interessante e guardar suas dúvidas para que sejam esclarecidas antes das provas.

10 Mantenha-se atualizado

Por se tratar de uma prova interdisciplinar e contextualizada, é exigido um conhecimento geral dos temas que estão em pauta na atualidade.

Atualidades podem aparecer em questões de diferentes áreas do conhecimento e de diversas formas. Para se sair bem nesses abordagens, é recomendável acompanhar portais de notícias, ler e assistir os jornais.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.