Como fazer uma redação dissertativa-argumentativa

0

A redação dissertativo-argumentativa é a mais cobrada nos vestibulares e concursos do país. Durante o ensino médio, são devem ser realizadas diversas produções textuais para dominar esse gênero e os alunos poderem ingressar no nível superior ou passar naquele tão esperado concurso.

O ENEM, por exemplo, é a prova que avalia como estão os alunos ao saírem do ensino médio, e seleciona candidatos para ingressarem no nível superior público e privado. Nessa prova, sempre é cobrada uma produção textual desse gênero.

Os temas para as redações das provas são escolhidos de acordo com as atualidades do mundo e do país, apresentando uma proposta com alguns dados e fatos para serem utilizados na redação. No ano de 2015, por exemplo, o tema foi sobre a persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira, apresentando as instruções para redação, textos para auxiliar na elaboração da argumentação e a proposta.

 persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira - Enem 2015

Para elaborar uma redação desse formato, é necessário seguir a sua estrutura, veja abaixo cada um dos seus pontos que se ligam com o começo, meio e fim do texto:

1) Introdução
Na introdução, você deve apresentar em um parágrafo com tema criando uma tese de acordo com o seu ponto de vista sobre o assunto e quais serão os argumentos que sustentem essa tese, como no exemplo abaixo:

“O hábito de registrar por fotos tudo o que acontece em nossas vidas tem se tornado cada vez mais constante (tese). Por um lado, é interessante podermos compartilhar tudo aquilo que vivenciamos com os outros, além de podermos guardar como registros para acessar nossas lembranças (argumento 1). Por outro lado, muitos acabam se desprendendo do momento da ocorrência dos fatos devido a preocupação em mostrar para os outros aquilo que deveríamos apreciar no momento ocorrido (argumento 2)”.

2) Desenvolvimento
No desenvolvimento você deve apresentar os dados e fatos que sustentam a sua tese por meio dos argumentos apresentados. O ideal é elaborar entre um a dois parágrafos, sendo cada um deles reservados a um dos argumentos apresentados. Portanto, aqui você vai se aprofundar nos argumentos utilizando como embasamento os textos da proposta.

3) Conclusão
Na conclusão você deve retomar a tese apresentada de forma sucinta, normalmente pela utilização de conjunções como portanto, contudo, todavia. Neste momento, você deve elaborar um fim para o seu texto, de forma que será preciso criar uma proposta de intervenção ao tema.

As características do seu texto, para além da estrutura, devem ser cuidados também, veja abaixo as principais delas:

  • redija seu texto dissertativo-argumentativo de forma impessoal, ou seja, em 3ª pessoa, pois apesar de ser um texto que demonstre ponto de vista, o ‘eu’ deve ser distanciado para dar mais credibilidade ao texto, sendo proibido o uso de expressões como “na minha opinião”, “eu acho”, “para mim”;
  • seja claro e objetivo, não é necessário criar um texto lírico com palavras difíceis, pois isso irá atrapalhar na tentativa de convencer o seu leitor sobre o seu ponto de vista;
  • fique atento às regras gramaticais e ortográficas para não errar e perder pontos na escrita;
  • faça sempre um rascunho para poder ler e revisar o seu texto para não rasurar na folha oficial.

Lembre-se: É importante organizar primeiro organizar as ideias para a elaboração do seu texto, cuidar da caligrafia e demarcar a delimitação dos parágrafos corretamente e estruturá-los demonstrando o começo, meio e fim do texto, manter a coesão e coerência presente e ordem cronológica das ideias e não se contradizer em nenhum momento ao decorrer do texto.

Portanto, tenha sempre o hábito de leitura e escrita, além de estar antenado as notícias mundiais, juntando isso a sua criatividade e tendo as regras de escrita da língua na ponta da língua, você vai escrever redações nota 1000.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.