Agreste Nordestino – Cidades, clima, vegetação, economia e mapa

Agreste é uma palavra proveniente do latim, que significa aquilo que é relativo ao campo. Veja detalhes sobre a sub-região do nordeste brasileiro.

0

O Agreste é uma mesorregião do nordeste brasileiro. Ele fica localizado em uma faixa estreita posicionada paralelamente à região costeira, estendendo-se desde o Rio Grande do Norte até a Bahia. Portanto, está localizado na zona de transição entre o Sertão e a Zona da Mata.

Mapa do Agreste Nordestino
Mapa do Agreste Nordestino

Além dos dois estados já citados, o Agreste engloba parte de Pernambuco, Sergipe Alagoas e Paraíba.

Características do Agreste

  • Por tratar-se de uma faixa de transição, o Agreste apresenta características tanto do Sertão, quanto da Zona da Mata.
  • Os solos são pedregosos, porém, relativamente férteis. Predominam os argissolos e latossolos, conhecidos por serem profundos, intercalados ao litossolo, que é mais raso. Os relevos sofrem grandes variações. As altitudes do Agreste, são as mais altas do nordeste, variando entre os 500m e 800m.
  • O acidente geográfico mais notório da região é o Planalto da Borborema. Na porção central e oeste do planalto, ou seja, partes mais baixas, a vegetação predominante é a caatinga. Sobressaem os climas seco e semiárido. Na região da encosta leste, áreas mais altas, as vegetações tropical e florestada possuem o maior destaque. O clima é úmido.
  • Em relação ao clima, as massas de ar quente do Oceano Atlântico chegam à região com menos força. Isso provoca fortes chuvas, que recebem o nome de orográficas, em parte do Agreste e da Zona da Mata. A outra parte do Agreste e o Sertão sofrem com secas muito severas. O índice pluviométrico médio anual no Agreste é de 700mm.
  • Os rios são intermitentes, também chamados de temporários. A vegetação, por sua vez, é esparsa e de pequeno porte, típica da caatinga. Destacam-se as plantas cactáceas, combretáceas, leguminosas e mirtáceas.
  • A fauna do Agreste é bastante diversificada. É possível citar como exemplos preás, veado-catingueiro, cutia, tatu peba e gambá.
  • O Agreste tem a segunda maior densidade populacional entre as zonas geográficas nordestinas. Acima dela, está apenas a Zona da Mata.
  • Na economia, sobressaem os artesanatos feitos à base de sisal e outros produtos, a criação extensiva de gado, pecuária leiteira e agricultura nas áreas com maior índice de chuvas.
  • Etno-culturalmente o Agreste se aproxima mais da cultura e etnografia sertaneja do que das influências da região litorânea e Zona da Mata. Os dois maiores festivais de São João do mundo encontram-se nesta mesorregião, o de Caruaru – PE e Campina Grande – PB.

Estrutura fundiária

As propriedades rurais do Agreste, geralmente, são de pequeno e médio porte. Elas são chamadas de minifúndios. As principais características são a predominância da agricultura familiar e rotação de culturas. Os produtos de maior destaque são o algodão, sisal e café.

Principais cidades do Agreste nordestino

Algumas das mais importantes cidades do nordeste ficam localizadas no Agreste. Elas constituem importantes polos urbanos, atendendo aos municípios vizinhos em relação ao comércio, saúde, empregos, indústria e educação. Veja alguns exemplos:

  • Arapiraca – Alagoas;
  • Itabaiana – Sergipe;
  • Caruaru – Pernambuco;
  • Campina Grande – Paraíba;
  • Feira de Santana – Bahia.

Vale salientar que, ainda que essas cidades exerçam grande influência local, o Agreste é a única sub-região nordestina que não sedia nenhuma capital.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.