Organelas – Cloroplastos

Os cloroplastos são um tipo de plastídio.

Os organismos que possuem cloroplastos apresentam a cor verde porque dentro deles está a clorofila, um pigmento capaz de capturar e armazenar energia da luz solar para o processo de fotossíntese.

Estima-se que cada célula fotossintetizante contenha entre 40 e 50 cloroplastos. 

Eles são revestidos por duas membranas lipoproteicas, com um complexo membranoso no interior com bolsas contendo pequenos discos achatados e empilhados, os quais chamamos de tilacoides. Cada pilha de tilacoides forma um granum.

Estrutura dos Cloroplastos

Os granum estão imersos numa matriz chamada de estroma, que é semelhante a das mitocôndrias e contém DNA, RNA, enzimas, ribossomos, além de transportadores de elétrons e o complexo ATP-sintase.

Fotossíntese

A principal função dos cloroplastos é captar e armazenar energia solar para ser utilizada durante o processo da fotossíntese, sem eles esse processo não aconteceria, dizimando o Reino Plantae.

Teoria endossimbiótica

Os cloroplastos são organelas que possuem genoma próprio e, por isso, são capazes de sintetizar uma parte de suas proteínas.

Assim como outras organelas, acredita-se que o cloroplasto surgiu a partir da endocitose de outros organismos como as cianobactérias.

As proteínas que eles não são capazes de sintetizar, são sintetizadas pelo DNA celular.

Veja também:

biologia celularcélula vegetalCloroplastos fotossínteseestrutura dos cloroplastosFunção dos cloroplastosO que são cloroplastosorganela plastídioTeoria Endossimbiótica