O que é fotossíntese? Veja como acontece, qual o seu processo e suas etapas

A fotossíntese é o processo de biologia celular, no qual as plantas (seres autotróficos) obtêm a energia necessária para a sua sobrevivência.

0

Assim como os seres humanos, as plantas precisam de energia para sobreviver.

Contudo, diferente de nós, o meio pelo qual elas conquistam a energia não é denominado alimentação, mas sim fotossíntese, obtido por um processo que utiliza do sol.

O que é fotossíntese?

A fotossíntese é o método empregado pelos seres autotróficos, aqueles capazes de produzir o seu próprio alimento, detêm as substâncias necessárias para a sua sobrevivência.

Como já mencionamos, ao contrário dos seres humanos e também dos animais, as plantas compõem a sua alimentação, convertendo a energia solar em matéria orgânica.

Biologicamente falando, isso se desencadeia diante do processamento do gás carbônico (CO2), água e minerais em compostos orgânicos, liberando oxigênio e água.

Em síntese, a equação da fotossíntese pode ser simplifica da seguinte forma:

6H2O + 6CO2 → LUZ → 6O2 + C6H12O6

Como acontece?

fotossínteseA fotossíntese acontece no momento em que as águas e sais minerais são extraídos do solo, por meio da raiz das plantas, e perpassam do caule até as folhas em forma de seiva, a chamada seiva bruta.

Nisso, a folha absorve a luz do sol com clorofila, substância responsável por atribuir a cor verde a folha das plantas.

Assim, a clorofila em conjunto com a energia solar, diante uma reação fotoquímica, e no processo de formação da glicose, transforma a energia solar em energia química.

Desse modo, a substância alcançada é levada pelos canais existentes paras as diferentes partes do vegetal.

A planta se alimenta de parte desse material para permanecer viva, assim como continuar crescendo.

As demais propriedades se concentram nas sementes, na caule e na raiz, sob forma de amido.

Qual é o processo e etapas da fotossíntese?

O processo de fotossíntese é dividido em duas etapas: reação luminosa (fase clara) e reação de fixação de carbono (fase escura).

Fase clara

Conhecida também como fase luminosa ou fase fotoquímica é uma das fases que só pode ser realizada mediante a presença de luz, nas lamelas dos tilacoides do cloroplasto.

Nessa fase, há dois tipos de fotossistemas (fotossistema I e fotossistema II), com uma média de 300 moléculas de clorofila.

No fotossistema I, pares de elétrons passam pelo centro de reação P700 e absorvem preferencialmente a luz de comprimento de onda de 700nm. Já no fotossistema II, centro de reação P680 alcança a luz de comprimento de onda de 680nm.

Também ocorre aqui dois processos importantes, a fotofosforilação e a fotólise da água.

Fase escura

Na fase escura executa-se a formação de glicose, a partir de CO2, e isso independe da presença ou não de luz.

O Ciclo de Calvin fixa o COe reduz o novo carbono fixado, quebrando as moléculas e, apresentando ganho de uma molécula de PGAL, servindo para a produção de amido e sacarose.

Quimiossíntese

Quimiossíntese é um procedimento totalmente distinto da fotossíntese, pelo qual não recorre a energia solar e produz apenas a matéria orgânica precisa para alimentar os organismos que a realizam.

Realizado, na maioria das vezes, por bactérias e arqueobactérias, no lugar da energia solar utiliza-se a energia liberada pela oxidação de certas moléculas inorgânicas.

Entre elas, estão o enxofre (S), o ferro (Fe), o hidrogênio (H), o nitrogênio (N) ou o manganês (Mg).

Fotossíntese e meio ambiente

De extrema importância para múltiplas formas de vida na Terra, a fotossíntese desempenha outro papel muito importante – o da limpeza do ar.

Considerando que, no seu processo, há a eliminação do gás carbônico do ar, os seres autotróficos contribuem com a natureza na purificação do ar.

Porém, ao produzir glicose, os vegetais eliminam o oxigênio, necessário para a sobrevivência do planeta.

Você pode gostar disso:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.