Aplicativo incentiva professores e alunos a aprender em casa durante a quarentena

O jogo tem mais de sete mil perguntas para estimular o estudante a completar jornadas de aprendizagem junto aos professores e colegas.

Muitas atividades foram suspensas por causa da quarentena para evitar a transmissão do novo coronavírus, incluindo as aulas. No entanto, diversas iniciativas surgiram nesse período para incentivar a continuidade da rotina de aprendizado estando em casa.

Uma dessas alternativas é o aplicativo gratuito Clube Desafio Futura (CDF), do Canal Futura, que visa estimular professores e estudantes a interagir e aprender de maneira colaborativa. Dessa forma, o aplicativo funciona como um jogo para auxiliar quem está estudando em casa de um jeito dinâmico e divertido.

No jogo, o estudante deve responder perguntas e respostas para completar jornadas de aprendizagem e compartilhar conhecimentos por meio da tela do celular. Recentemente, o aplicativo foi atualizado para incluir novos recursos, como salas temáticas criadas por professores para que estudantes possam participar de trajetórias coletivas de aprendizado.

Até o momento, o jogo conta com 7 mil perguntas, atualizadas mensalmente, divididas entre 10 categorias, como as de Educação e Cultura, Atualidades, Cidadania e Direitos e Tecnologia e Negócios. Com essas funcionalidades, o aplicativo também pode auxiliar professores no desenvolvimento de planos de aulas interativas com abordagens mais dinâmicas.

O CDF foi desenvolvido pela PlayerUm, empresa especializada na criação de jogos e plataformas de conteúdo interativas, e está disponível gratuitamente para os sistemas operacionais Android e iOS.

Soluções para professores e estudantes

Além do aplicativo, o Laboratório da Educação da Fundação Roberto Marinho oferece outras soluções para atender aos alunos com aulas suspensas. Uma das principais iniciativas é a distribuição de conteúdo educativo em diversas plataformas, como o Canal Futura, que teve sua grade remodelada para esse período, e a publicação de mais de 600 videoaulas no YouTube.

Outra iniciativa é o projeto Classes Abertas, que disponibiliza aulas online gratuitas para facilitar o estudo em casa. Por fim, a fundação também atua na formação de professores, para que possam estar aptos a utilizar tecnologias no ensino, assim como novas formas de comunicação com os estudantes.

Veja mais: 

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More