Automobilismo

Considerada uma prática esportiva perigosa, o automobilismo surgiu a partir das competições de rua ocorridas nos países da Europa e Estados Unidos no final do século XIX.

0

Você sabia que os pit-stops, as famosas paradas nos boxes, seja para a troca de pneus ou reabastecimento, são cruciais para a vitória ou derrota de um piloto? E que o jogo de pneus utilizado durante as corridas são fabricados para desgastar mais rápido que os de uso comum?

Como já se sabe, o automobilismo é o esporte que tem como princípio básico a competição de velocidade utilizando automóveis. Confira a seguir a história, principais pilotos, modalidades e mais. 

História do automobilismo: Como surgiram as primeiras corridas

Logo após a evolução dos carros a vapor, que ganharam cada vez mais potência com a criação dos motores de combustão interna movidos a gasolina e os de quatro tempos, começaram a crescer as incidências de corridas de rua, sobretudo na Europa e Estados Unidos.

Registros informais apontam para prática de disputas de rua antes mesmo da virada do século XX, sendo as rotas mais notáveis presentes no continente europeu, entre as cidades de Paris-Rouen-Bordeaux e outras nos Estados Unidos, em Chicago.

Os primeiros dados sobre esses “rachas” remontam ao ano de 1894, quando ocorreu na França a primeira competição “teste” de rua chamada de Concours des Voitures sans Chevaux (Competição de Carros sem Cavalos)

Organizada pela revista parisiense Le Petit Journal e com um total de 69 participantes, a prova consistia em percorrer inicialmente um total de 50 km, dos quais os 25 mais rápidos seguiram para para a próxima etapa de 127 km. 

Capa do suplemento ilustrado do diário Le Petit Journal publicado em 6 de agosto de 1894.
Capa do suplemento ilustrado do diário Le Petit Journal publicado em 6 de agosto de 1894.

O primeiro lugar do torneio, o conde Jules-Albert de Dion fez o trajeto de Paris à cidade de Rouen em aproximadamente 6 horas e 48 minutos, numa velocidade média de 19 km/h. No entanto, sua vitória não foi aceita, pois constatou-se o uso de um acessório proibido encontrado no maquinário do seu carro. Assim, o troféu foi passado para o segundo colocado da mesma competição, Georges Lemaître.

No ano seguinte, em 1895, acontecia de forma oficial a primeira corrida, com o percurso marcado entre as cidade de Paris e Bordeaux, num total de 1.178 km. Dos 46 inscritos, apenas 22 participaram da prova. Assim como na competição anterior, houve a desqualificação do primeiro colocado, o engenheiro francês Émile Levassor. 

Já nos Estados Unidos, mais especificamente em 2 de novembro de 1895, o americano  Frank Duryea venceu a primeira corrida que se tem registro no país ao percorrer os quase 88 km em 10 horas e 23 minutos.

Com o crescimento e popularidade das corridas de rua, foi criado o Clube Automóvel da França, responsável por dar início às competições internacionais, ligando os países europeus. 

Entretanto, após inúmeras mortes provocadas pelas corridas, o esporte passou a acontecer em hipódromos que serviam para as corridas de cavalos. Apenas em 1903 é que construiu-se o primeiro autódromo do mundo, o Milwaukee Mile, nos Estados Unidos. 

Posteriormente, em 1909, constrói-se o famoso circuito oval de Indianápolis, com a clássica corrida das 500 milhas despontando dois anos depois. 

Modalidades do Automobilismo

Há inúmeras modalidades dentro da prática do automobilismo, sendo as mais conhecidas:

Fórmula 1

Dentre todas as categorias, a Fórmula 1 é a mais famosa. Criada em 13 de maio de 1950, os carros que participam das corridas são chamados de veículos monopostos, ou seja, feitos para apenas um piloto.

São construídos a partir de fibras de carbono e movidos a motores híbridos turbo, numa potência de até 800 cavalos. A duração de uma temporada da modalidade consiste em 19 corridas em 19 países diferentes, com 1 hora e 30 minutos de duração, em média. As competições acontecem nos autódromos e em circuitos de rua temporários.

Fórmula Indy (IndyCar)

Assim como na categoria de Fórmula 1, os carros que participam das competições da Fórmula Indy também são monopostos e produzidos com fibras de carbono.

Além disso, as equipes da modalidade recebem os veículos da empresa italiana Dallara Automobili de forma igual, sendo feito apenas ajustes aerodinâmicos. As corridas acontecem em pistas ovais e com muitas curvas. Os automóveis podem chegar até 675 cavalos de potência.

Fórmula Truck

Uma das modalidades mais populares entre os brasileiros, a Fórmula Truck é a competição automobilística entre caminhões. Cada etapa começa com treinos classificatórios para decidir as posições dos competidores na largada do dia seguinte.

As corridas acontecem nos autódromos, por meio de baterias, das quais os atletas somam seus pontos para definir sua colocação. Os caminhões da F-Truck podem atingir até 200 km/h, além de possuírem suspensão adaptada com uma cabine menor e uma distância mais curta entre o chassi e o solo.  

NASCAR

Os carros desta categoria são constituídos de tração traseira com motor dianteiro, além de decorados com cores vibrantes. Chamado de “automobilismo raiz”, os carros possuem debaixo da carroceria um chassi tubular com uma proteção especial para o piloto.

A tecnologia usada para sua fabricação é limitada: não há recursos eletrônicos, potência extra para ultrapassagem ou asas móveis. As competições são realizadas em circuitos ovais, num total de 36 etapas do calendário.Quando se trata de velocidade, os carros da modalidade podem atingir a marca de 300 km/h.

Rally Dakar

Competição off-road (fora de estrada) do automobilismo, participam automóveis, motos, caminhões e quadriciclos. Acontece anualmente na América do Sul, com percursos em regiões naturais e de deserto de países como a Argentina, Peru e Chile.

Considerada como uma prova de velocidade, navegação e resistência, os competidores devem seguir o Road Book (Livro de Bordo) que aponta qual caminho seguir. 

Automobilismo no Brasil

A história do automobilismo brasileiro começou no ano de 1908. Na época, o Conde Sylvio Álvares Penteado venceu a prova de 75 km, entre as cidades de São Paulo e Itapecerica da Serra, pilotando um Fiat de apenas 40 cavalos.

Mas foi a partir das décadas de 30 e 40 que o automobilismo ganhou força no Brasil. Isso aconteceu em razão da instalação de montadoras estrangeiras no país, além da construção do autódromo de Interlagos em São Paulo, o único que faz parte do circuito internacional de Fórmula 1 desde o ano de 1972.

O piloto pioneiro da prática esportiva tanto nacional quanto internacionalmente é o brasileiro Emerson Fittipaldi. Com apenas 25 anos de idade, o jovem corredor conquistou cinco vitórias no ano de 1972, somadas a outras duas de torneios mundiais. 

Além dele, podemos citar Nelson Piquet, primeiro piloto brasileiro a ser tricampeão de Fórmula 1 e Ayrton Senna, também tricampeão na mesma categoria.

Após estrear no ano de 1984, Senna conquistou um total de 41 vitórias, 80 pódios e 65 pole positions, transformando-se em um grande ídolo brasileiro. Infelizmente, durante uma corrida o Grand Prix de San Marino em maio de 1994, o piloto perdeu o controle do carro e acabou colidindo contra uma barreira de concreto, ocasionando sua morte. 

Nenhum outro piloto brasileiro conseguiu o prêmio mundial de Fórmula 1. Outros competidores como Rubinho Barrichello e Felipe Massa chegaram perto sendo vice-campeões da modalidade.

ayrton-senna
Piloto brasileiro Ayrton Senna

Pilotos do automobilismo mais importantes da história

  • Juan Manuel Fangio
  • Jim Clark
  • Niki Lauda
  • Jackie Stewart
  • Emerson Fittipaldi
  • Nelson Piquet
  • Alain Prost
  • Ayrton Senna
  • Michael Schumacher
  • Sébastien Vettel 

Alguns dos principais circuitos do automobilismo mundial 

  • Circuito de Interlagos – Brasil
  • Circuito de Indianápolis – Estados Unidos
  • Circuito de Silverstone – Inglaterra
  • Circuito de Senpag – Malásia
  • Circuito de Magny Cours – França
  • Circuito de Hockenheim – Alemanha
  • Circuito de Monza – Itália
  • Circuito de Suzuki – Japão
  • Circuito de Imola – San Marino
  • Circuito de Albert  Park – Austrália

Veja também: Quanto ganha um piloto de Fórmula 1? Carreira e Salários

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.