Aves

Você sabia que as aves podem ocupar quase todo os ambientes do planeta? Vamos conhecer melhor esses animais!

0

As aves são animais homeotérmicos, vertebrados, possuem bico e o corpo revestido de penas e, por isso, a maioria pode voar.

Esses animais possuem esqueleto pneumático muito resistente e leve, o que facilita o voo. Elas possuem grande capacidade de aprendizagem, os corvos e os papagaios, por exemplo, são aves que estão entre os animais mais inteligentes do planeta.

Geralmente elas possuem visão bastante desenvolvida e algumas são sensíveis à luz ultravioleta. As aves podem ocupar os mais diversos ambientes e já são conhecidas pelo menos 10 mil espécies nesse grupo.

Vamos conhecer melhor as características das aves?

Características gerais das aves

Temperatura corporal

As aves são animais endotérmicos, elas mantêm a temperatura corporal próxima de 41ºC. Essa temperatura pode variar conforme a atividade da ave, quando elas estão dormindo tende a ser menor e, quando estão voando, tende a ser maior que 41ºC.

Penas

As penas são estruturas importantes para o voo e também funcionam como isolante térmico para manter a temperatura corporal e são usadas como forma de exibicionismo na reprodução.

A forma como as penas são distribuídas e a aparência delas no corpo da ave é denominada plumagem. Essa é uma característica importante para a identificação de aves.

Essa plumagem muda regularmente, dependendo de cada espécie. Nos indivíduos passeriformes, as penas de voo são substituídas uma a uma.

Voo

A maioria das aves possui a capacidade de voar e, apesar de serem bípedes e andarem no solo, a principal forma de deslocamento das aves é através do voo. Pouco mais de 50 espécies de aves não podem voar, como o avestruz e os pinguins.

Além do deslocamento, o voo também é usado para garantir alimentação e fuga de predadores.

Pele

A pele das aves é recoberta pelas penas, elas não possuem glândulas, a única exceção são as glândulas uropigiais que produzem óleo para impermeabilizar as penas.

Como não possuem glândulas sudoríparas, o excesso de calor é liberado através da rápida respiração.

Canto

O canto das aves só é possível graças a um órgão chamado siringe. O canto pode ser uma forma de comunicação com outras espécies, uma forma de atração sexual, demarcação de território etc.

Anatomia e fisiologia das aves

As aves possuem várias adaptações que tornam possível o voo, a mais particular delas é a presença de penas. Essas penas são impermeabilizadas pelo óleo produzido nas glândulas uropigiais, as únicas presentes na pele das aves.

Além disso, as aves também possuem um órgão exclusivo chamado de siringe, que permite o canto e as vocalizações.

Aves - anatomia corporal
Aves – Anatomia corporal.

Sistema respiratório das aves

O sistema respiratório das aves é complexo e muito eficiente. Elas necessitam de uma quantidade muito grande de oxigênio durante o voo e, por isso, possuem sacos aéreos ligados aos pulmões.

Esses sacos aéreos ocupam cerca de 15% do volume do corpo da ave. As paredes desses sacos não fazem trocas gasosas, mas eles garantem que o ar circule por todo sistema respiratório.

Quando inalam ar, apenas 25% vai para os pulmões, o restante fica armazenado nos sacos aéreos. No momento da expiração, o ar usado sai dos pulmões e o ar que estava nos sacos aéreos entra nos pulmões, dessa forma tanto na inalação quanto na expiração os pulmões recebem ar fresco.

Todo esse processo acontece rapidamente, as aves podem respirar até 300 vezes por minuto.

Aves - Sistema respiratório
Aves – Sistema respiratório.

Sistema digestório das aves

As aves possuem bico rígido que são adaptados para a alimentação de cada espécie. No entanto, como não possuem dentes, não ocorre quebra do alimento na boca.

O sistema digestório das aves é constituído por adaptações como o papo e a moela. No papo o alimento é amolecido com substâncias digestivas e na moela ele é triturado.

Depois de passar por todo intestino, as fezes são eliminadas por um orifício chamado cloaca.

Aves - Sistema digestório
Aves – Sistema digestório.

Sistema reprodutivo das aves

As aves são animais que produzem ovos e o desenvolvimento embrionário acontece fora do corpo materno, por isso, são chamadas de animais ovíparos.

A casca dos ovos é porosa, feita de carbonato de cálcio e permite trocas gasosas entre o embrião e o meio ambiente.

A fecundação é interna e ocorre antes que os óvulos recebam a casca. Os ovos são liberados do corpo da fêmea através da cloaca.

Aves - sistema reprodutivo
Aves – Sistema reprodutivo.
Aves - sistema reprodutivo, filhote saindo do ovo.
Aves – Sistema reprodutivo, filhote saindo do ovo.

Sistema circulatório das aves

As aves possuem coração com quatro câmaras e isso faz com que o sistema circulatório delas funcione como duas bombas diferentes.

As câmaras direitas impulsionam o sangue não oxigenado e as câmaras da esquerda fazem o mesmo processo com sangue oxigenado.

Aves - sistema circulatório
Aves – Sistema circulatório.

Sistema nervoso das aves

As aves possuem cérebro volumoso que é responsável pela coordenação e equilíbrio delas.

Curiosidades sobre as aves

  • As fezes de algumas aves como os pombos podem transmitir doenças aos seres humanos e causar meningites gravíssimas, podendo levar a pessoa à morte.
  • O albatroz com asas abertas possui 3 metros de comprimento, no entanto, seus ossos são menos pesados que suas penas.
  • Existem aves gigantes que podem chegar a altura de uma pessoa adulta, elas são encontradas na Austrália e na Nova Guiné.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.