Benefício para crianças e adolescentes; veja como receber

Valor atual do auxílio é de R$ 1.212 e muda conforme o salário mínimo.

Conhecido como Benefício de Prestação Continuada (BPC), o recurso disponibilizado pelo governo federal visa atender crianças e adolescentes com uma quantia de R$ 1.212. No entanto, para ter direito ao abono, é necessário cumprir alguns requisitos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Leia mais: Entenda como funciona a aposentadoria por deficiência auditiva

O que é o BPC?

A nível de entendimento, tal benefício é ofertado para crianças e adolescentes com deficiência. Além disso, também abrange outros nessas mesmas condições, independente da idade. Ademais, idosos que possuem idade igual ou superior a 65 anos que estejam em situação de vulnerabilidade social têm direito à solicitação do auxílio.

Quanto aos indivíduos com deficiência, aqueles que apresentam algum tipo de impedimento de natureza mental, física, intelectual e sensorial a longo prazo podem receber. Sendo assim, aqueles que possuem dificuldades em participar de maneira ativa e plena na sociedade, em patamar de igualdade com os demais, podem solicitar a ajuda.

Quem pode receber o benefício?

As normas para solicitar a participação no programa são:

  • Ter uma renda igual ou menor que 1/4 do salário-mínimo por pessoa em um grupo familiar;
  • Aquele a receber o benefício precisa passar por uma avaliação médica e social no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS);
  • O recebedor do BPC, assim como sua família, devem estar inscritos no Cadastro Único (CadÚnico).

Apenas seguindo tais condições, as pessoas com deficiência e idosos com mais de 65 anos poderão ter acesso à ajuda.

Como solicitar o BPC?

Para requerer a inclusão no programa, o indivíduo deverá realizar a solicitação do BPC por meio dos canais de atendimento do INSS ou através do telefone 135. Sendo de telefone fixo, a chamada é gratuita.

Outro jeito de se inscrever é acessando o site ou baixando o aplicativo de celular Meu INSS. Além disso, também existe a possibilidade de fazer a requisição presencialmente, em uma Agência da Previdência Social (APS).

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More