Bioluminescência – Entenda a luz do vaga-lume

Já parou para pensar por que os vaga-lumes emitem luz?

0

O vaga-lume é um inseto classificado como coleóptero, uma de suas particularidades é a emissão do efeito luminoso em seu abdômen. Isso é possível porque esses insetos possuem órgãos fosforescentes, que utilizam-se de reações químicas para produzir luz.

Essa emissão luminosa é chamada de bioluminescência, o combustível usado para que a reação química aconteça é a luciferina que passa por oxidação na presença do oxigênio e perde energia na forma de luz, esse processo é chamado de oxidação biológica.

Vaga-lume e sua bioluminescência
Vaga-lume e sua bioluminescência

A reação química da bioluminescência não produz calor, é por isso que o vaga-lume pode emitir vários sinais luminosos em sequência, como se estivesse piscando, e ainda assim não ser queimado.

PUBLICIDADE

A emissão dessa luz serve como um atrativo para o acasalamento, o macho emite luz enquanto voa para avisar da sua aproximação e a fêmea emite luz depois de pousar, para sinalizar onde está.

Você já deve ter percebido que é muito mais fácil encontrar vaga-lumes em locais de campo ou pouco iluminados. Isso acontece por a iluminação das cidades inibe a bioluminescência desses insetos, interferindo na reprodução e, consequentemente, diminuindo o número de indivíduos naquela região.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.