Bruxismo – O que é, causas, sintomas, tratamento e recomendações

O bruxismo é uma desordem que muitas pessoas possuem, mas não recebem esse diagnóstico. Saiba o que o bruxismo e seus principais sintomas para ficar alerta e tentar detectar qualquer sinal da desordem.

0

O bruxismo é um transtorno que muitas pessoas não sabem que possuem. Isso acontece porque o problema ocorre enquanto elas estão dormindo. Porém, existem alguns sintomas que você pode identificar como consequências do bruxismo e prestar atenção.

O que é bruxismo?

Esta é uma desordem funcional que pode acometer qualquer tipo de pessoa, apesar de não saber ao certo o que causa essa alteração.

O bruxismo é caracterizado pelo ranger ou apertar dos dentes quando está dormindo. Essa ação provoca uma pressão anormal nos dentes por conta da repetição desses atos e pode provocar o desgaste, ou até amolecimento dos dentes.

Em casos mais graves, o indivíduo pode desenvolver problemas ósseos na gengiva.

Algumas pessoas não sabem que possuem bruxismo e muitas vezes só descobrem esse problema quando alguém presencia o momento da disfunção e conta para a pessoa. Outra forma comum de se descobrir é quando a pessoa procura ajuda odontológica ou médico por causa dos sintomas e o profissional constata esse problema.

Causas

Como dito anteriormente, não se sabe ao certo o que provoca essa desordem. Porém, acredita-se que está a fatores genéticos, a ansiedade, estresse, tensão, uso de alguns medicamentos, alterações respiratórias ou problemas físicos de abrir e fechar a boca.

Sintomas de bruxismo

Os sinais clássicos dessa desordem são dores de cabeça, na mandíbula e nos músculos da face.

Porém, outros sinais podem aparecer, tais como: estalos ao abrir e fechar a boca, dores no pescoço e alterações no sono. Além disso, problemas mais graves podem surgir, como o amolecimento dos dentes.

Tratamento

Não existe ainda um tratamento para a cura do bruxismo, mas, pode-se implementar algumas medidas de controle. Essas medidas devem ser feitas junto a dentistas, médicos ou psicólogos. As ações que podem ser tomadas são:

  • Medicamentos ansiolíticos para controle de tensão e ansiedade;
  • Placas estabilizadoras, colocadas antes de dormir para restringir os movimentos da mandíbula e evitar o atrito;
  • Acupuntura e métodos de relaxamento.

Recomendações

É muito importante manter contato com o profissional que auxiliou no tratamento, tentar inserir práticas cotidianas de relaxamento e exercícios físicos para melhorar o estresse e ansiedade. Além disso, é interessante não mascar chicletes e sempre usar a placa para bruxismo antes de dormir, se for recomendado para o seu caso.

Veja também: Artrite Reumatoide – Causas, sintomas, diagnóstico e tratamento

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.