Confira o modelo e quanto custa o carro elétrico mais barato do Brasil

Automóvel da montadora Chery promete ser o carro elétrico com o preço mais acessível do mercado.

A Caoa Chery, empresa chinesa do ramo de automobilismo, está trabalhando a fim de trazer os primeiros carros elétricos a circular em solo brasileiro. Entre eles, o que promete ser o carro elétrico mais barato do Brasil, que é o modelo Chery EQ1, um veículo subcompacto com proposta urbana.

Leia mais: BMW: Saiba mais sobre o modelo de carro que muda de cor em segundos

A Chery lançou o Tiggo 7 Pro no país em meados de dezembro do ano passado. Na ocasião, o CEO da empresa, Marcio Alfonso, informou que sairiam mais duas novidades por aqui em 2022, entre eles o Chery EQ1.

Principais características do Chery EQ1

O modelo é produzido e comercializado na China. Tem duas portas, capacidade para até quatro pessoas e é chamado de “litte ant” (formiguinha, em inglês). Pesa 1.005 kg, mede 3,2 m de comprimento, 1,679 m de largura, 1,59 m de altura e tem 2,15 m de distância entre-eixos.

O Chery EQ1 conta com um trem de força composto por um motor elétrico de 55 kWh (75 cv), cuja potência é de 15 kgfm de torque máximo. Em relação à velocidade do veículo, é de no máximo 120 km/h e a autonomia é de até 402 km, com carga pelo ciclo NEDC. São necessários apenas 30 minutos para recarregar de 0 a 80% da bateria.

O interior possui um volante multifuncional, e também conta com uma tela grande, de 10 polegadas, na posição vertical. Quanto às formas de conectividade, pode ser conectado a smartphones, possui entrada USB, chave remota, atende a comandos de voz e inteligência artificial. Além disso, o ar condicionado tem filtro de ar PM2.5.

Valores

Os preços do Chery EQ1 devem ficar em torno de R$ 120 mil a R$ 150 mil. Desse modo, o veículo deve brigar com o JAC e-JS1, modelo que é o carro elétrico mais barato à venda no Brasil atualmente, no valor de R$ 159.900.

Por outro lado, há um segundo lançamento previsto para 2022 que deve ser páreo para o veículo da Chery. Trata-se do Renault Kwid elétrico, também importado da China. O lançamento já foi confirmado pela fabricante, portanto, a disputa vai ser boa.

Gostou desse conteúdo? Fique por dentro de mais novidades como essa aqui no Escola Educação!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More