Conheça a História da China Antiga

Principais dinastias, expansão territorial, como foi a construção da Muralha da China, características importantes, além do contexto das invasões árabe e mongol.

0

A História da China Antiga é marcada pelos principados que antecederam as conhecidas Dinastias Chinesas. Nesse período, houve a forte expressão dos ideais de Confúcio, além da influência da doutrina budista. Forte, também, foi a construção da Muralha da China, a fins de defender o território de invasões estrangeiras.

Porém, é importante lembrar que, antes mesmo das dinastias, os chineses contribuíram para o mundo com invenções marcantes, tais como a roda do oleiro, ferramenta utilizada para modelar vasos de barro. Ainda hoje, o sistema é utilizado por artesãos.

Divisões do governo

As invasões sofridas pelo território fizeram com que, entre os séculos III e IV, a China se dividisse em reinos feudais independentes. Em cada reino, seu líder exercia o papel de chefe religioso. Enquanto isso, a defesa do território das invasões estrangeiras ficava a cargo da nobreza.

O que foram as Dinastias Chinesas?

No fim do período de luta entre os principados, os nobres tinham mais força que o próprio rei e, com início, começaram a surgir as primeiras dinastias chinesas. Siga, em ordem cronológica, os principais fatos que marcaram cada uma.

Dinastia Xia

A mais antiga das dinastias surgiu em 2200 a.C. e se estendeu até 1750 a.C, sediada na região do Vale do Rio Amarelo. Suas contribuições estão no desenvolvimento da agricultura, comércio e da medicina. Nesse período, surge a seda a partir do casulo do bicho de mesmo nome.

Dinastia Shang

Reinando do século XVII a XI a.C, a Dinastia Shang foi a responsável pela criação de um sistema de escrita gravado em ossos de animais e peças de bronze. O reino, também, foi dotado de organização social, dividida entre nobres, habitantes das cidades-palácios e camponeses.

Dinastia Zhou

Substituiu a Dinastia Shang após seu enfraquecimento por povos vizinhos e governou a China entre 1100 a.C. e 771 a.C. É considerada como a fundadora principal da civilização chinesa e elaborou os primeiros artefatos bélicos em ferro. Por isso, a era ficou conhecida como a Idade do Ferro na China.

Dinastia Sui

A primeira dinastia surgiu em 580 e conseguiu unificar os reinos.

Dinastia Tang

Substituiu a dinastia anterior e teve, como principal característica, o desenvolvimento cultural da China.

Dinastia Sung

Após o declínio na dinastia Tang pela derrota contra os árabes em 751, a Dinastia Sung assume o poder em 907. Estimulou o desenvolvimento cultural e, também, impulsionou o crescimento econômico. Um fato marcante foi a invenção da pólvora.

Período das Cinco Dinastias e Dez Reinos

Fase em que, entre 907 e 960, a China passou por fragmentação política com a qual se transformou em um conjunto composto por vários estados. Em tal cenário, surgiu a figura do filósofo Confúcio, cuja defesa pautava-se na ideia de que a natureza humana é boa mas, corrompida pelo uso do poder.

Os ideais confucianos influenciaram o poder político, promovendo a unificação cultural chinesa.

Dinastia Mongol

A China é invadida pelos mongóis entre 1211 e 1215, assistindo a consolidação do império dos invasores. O território foi dividido em 12 províncias sem, no entanto, perder o desenvolvimento alcançado no reino anterior.

Dinastia Ming

Os mongóis são derrubados pela resistência interna em 1368, dando início à Dinastia Ming. A China, então, expande seu território para a Manchúria, Indochina e Mongólia. Apesar disso, o reinado Ming entra em decadência com a chegada dos europeus em 1516, chegando ao fim em 1644 perante a invasão manchu.

Cultura e religião da China Antiga

Ao falarmos sobre a China, imediatamente, nossa memória nos leva ao budismo, doutrina religiosa, filosófica e espiritual milenar. Sua influência é notória nas manifestações artísticas, como literatura, escultura e pintura.

Outro forte símbolo chinês é a Muralha da China, levantada antes do século III a.C. para defender os principados das invasões inimigas. A construção foi reformada entre os séculos XV e XVI. Sua extensão faz com que cruze o país de leste a oeste.

Foto da Muralha da China
Muralha da China

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.