Comidas típicas de Pernambuco

A culinária pernambucana pode te surpreender com tantas cores, sabores, aromas e variedades. Confira nossa lista com comidas típicas de pernambuco para você experimentar.

0

Pernambuco foi uma região muito influenciada por culturas externas, principalmente na Era Colonial onde chegaram muitos estrangeiros.

Dessa forma, a culinária pernambucana vem de misturas de culturas e costumes, que primeiramente traz influências dos indígenas e dos europeus, principalmente portugueses, e dos africanos.

Muitas receitas foram incorporadas na culinária local com alteração de alguns ingredientes para outros que eram encontrados mais facilmente na região. Por isso, a culinária do estado é muito criativa e diversificada, cheia de sabores, aromas, cores e variedades.

Ao visitar o estado, os turistas, além de encontrar uma diversidade de pontos turísticos por suas belezas e cargas históricas, também podem se surpreender apreciando a culinária da região.

Algo interessante sobre a culinária local é que as comidas típicas de Pernambuco têm características de pratos caseiros, mas podem ser servidas em restaurante diversos ou feitos no conforto de casa.

Pratos Típicos da Culinária Pernambucana

A culinária de Pernambuco nos surpreende com receitas variadas envolvendo doces e salgados. Os ingredientes e temperos mais utilizados são baseados no que se tem disponível na região e nos animais criados na região.

Tapioca

Tapioca

 

Essa comida foi primeiramente explorada pelos tupis, que usavam a mandioca para extrair sua goma e produzir essa comida típica.

A tapioca é um prato que pode ser  recheado com uma infinidade de ingredientes como com carnes, doces e frutas. Porém, a forma mais tradicional de se fazer é com recheio de coco ralado e queijo. Esse é um prato tão tradicional que é vendido em pontos turísticos da região.

Bolo de rolo

Bolo de Rolo

 

Essa receita foi introduzida no Brasil com a chegada dos portugueses, sendo originária de um bolo português. A preparação é feita com um bolo de espessura bem fina de pão de ló, recheado com goiabada e enrolada em forma de rocambole.

Bolo Souza Leão

Bolo Souza LeãoEsse bolo é chamado assim porque a família que criou a receita tinha esse nome. A iguaria se tornou um dos bolos mais tradicionais da culinária pernambucana. É feito com massa de mandioca, calda quente de açúcar, ovos e manteiga, que resulta em uma consistência é bem cremosa.

Cartola


Quando se fala em sobremesa, a cartola se mostra uma das sobremesas mais populares da região. Esse prato se originou nas casas grandes dos engenhos coloniais.

A receita tradicional é feita com uma banana frita coberta com queijo coalho assado, com açúcar e canela polvilhado por cima.

Porém, com a popularização do prato foi adicionada uma bola de sorvete em cima da banana no lugar do queijo. Assim, você pode escolher qual te agrada mais e experimentar essa delícia.

Dobradinha

Dobradinha
A dobradinha é de origem da culinária portuguesa. É feita com o bucho, tripas e linguiça de boi cortados em pequenos cubos, refogados e cozidos junto com o feijão branco. Pode ser servidos com arroz e farinha de mandioca

Sarapatel


O sarapatel é um prato feito com vísceras de porco picadinhas em cubos, refogados, cozidos e com temperos variados. Além disso, é acrescentado sangue coalhado no preparo do prato. Normalmente, é servido com farinha de mandioca ou com arroz.

Buchada

Buchada

A buchada, como o próprio nome indica, é feita com o estômago (bucho) de bode. Tradicionalmente é recheada com o sarapatel (as vísceras do animal). Assim, o “bucho” recheado é costurado e levado ao fogo para cozinhar. O caldo formado no cozimento é transformado em pirão, que é o caldo acrescido de farinha.

O acompanhamento pode ser feito com verduras e arroz branco.

Chambaril

Chambaril

Já esse prato é de origem italiana que acabou sendo introduzida no Brasil. É feito com o ossobuco do boi, uma parte que tem carne e osso. É cozido e refogado com temperos mais adaptados da região. Costuma ser servido com muito caldo do cozimento e farinha de mandioca.

Veja também:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.