Decreto presidencial prevê a regulamentação do Home Office para funcionários públicos

Decreto possibilita que os funcionários públicos realizem suas tarefas através do trabalho remoto.

Depois de dois anos de Home Office, muitas pessoas se adaptaram bem a esse novo estilo de trabalho. Seguindo essa tendência, o Governo Federal estuda a possibilidade de tornar o trabalho remoto uma opção também para agentes públicos. Quer saber como essa mudança vai acontecer? Leia esta matéria na íntegra e descubra!

Veja mais: Home office: Confira as mudanças na lei para o trabalho remoto

Qual a diferença do Home Office para esse setor?

Para os funcionários públicos que decidirem trabalhar remotamente, será possível escolher entre duas modalidades: integral ou parcial. Para aqueles que escolherem o formato parcial, será esperado que o agente público compareça a alguns dias da semana para cumprir horários.

Além disso, o Programa de Gestão de Desempenho para Pessoal Civil da Administração estabelece que os agentes realizarão suas funções de acordo com demandas periódicas.

Vantagens do Home Office

A principal ideia de adaptar a administração pública ao trabalho remoto é aumentar o contato dos agentes com chamadas telefônicas, principalmente com o público externo.

Outro ponto importante dessa medida é que ela permite que o trabalho seja realizado até mesmo no exterior. Desse modo, será mais fácil organizar viagens a trabalho, sem interferir na programação dos funcionários.

No que concerne aos empregadores, o Home Office é uma grande oportunidade para economizar com gastos como energia, transporte e aluguel de espaços.

Desvantagens do Home Office

A Secretaria-Geral da Presidência da República garantiu que os funcionários terão mais liberdade e irão apresentar resultados mais produtivos. Contudo, já existem estudos que comprovam que o trabalho remoto desgasta os trabalhadores e faz com que eles produzam menos. Isso pode ser explicado devido às várias possíveis distrações que existem dentro de casa, como familiares, animais etc.

Esse problema pode ser evitado caso o setor garanta locais apropriados para os trabalhadores. Assim, os funcionários públicos poderão contar com o conforto de um local tranquilo para trabalhar, sem que necessariamente seja o prédio oficial do governo.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More