Dicas infalíveis para diminuir o colesterol ‘ruim’ do seu corpo

Entenda a diferença entre os dois tipos de colesterol e busque reduzir a quantidade daquele que faz mal à saúde.

O colesterol é uma gordura que o fígado produz e é possível ser encontrada em certos tipos de alimentos. É considerada vital para a produção de hormônios e para a saúde do corpo em geral. No entanto, quando os níveis de colesterol “ruim” (LDL) excedem o limite, podem ocorrer sérios problemas de saúde, como doenças cardiovasculares e outras complicações. Confira mais informações e saiba como reduzir o colesterol “ruim” do seu organismo!

Leia mais: Estudo faz relação de melhoria do Alzheimer com o colesterol “bom” (HDL)

Colesterol: HDL e LDL

Uma lipoproteína de alta densidade chamada HDL produzida pelo organismo é responsável por remover o excesso de colesterol dos tecidos do corpo. O HDL transporta os cristais de colesterol para o fígado, onde são decompostos e metabolizados novamente para serem jogados para fora do corpo.

Quando esse tipo de colesterol está com um nível alto no corpo, reduz-se o risco de doenças cardíacas, além de possuir propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. No entanto, ao contrário do HDL, o LDL é um tipo de lipoproteína de baixa densidade que transporta o colesterol do fígado e do intestino para as células do tecido humano.

Esse colesterol é considerado “ruim” porque, à medida que os níveis aumentam, faz com que se acumule no revestimento das artérias. Esse acúmulo pode formar placas gordurosas nos vasos sanguíneos e bloquear o fluxo do sangue, levando a problemas cardíacos e até cerebrais.

Reduza o seu colesterol ruim!

Evite as gorduras ruins

Por exemplo, a ingestão de frituras e carnes gordurosas deve ser reduzida porque são ruins para a circulação sanguínea, e contribuem para o aumento do colesterol nas artérias e para a aterosclerose.

Reduza o seu consumo exagerado de açúcar

Conheça bem os ingredientes e leia com atenção para os rótulos nutricionais. Se distancie dos alimentos que tenham a presença de fontes camufladas de açúcar, como xarope de milho (rico em frutose) e algumas dextrinas.

Fibras são boas fontes de gordura

Alimentos ricos em fibras sequestram a gordura da dieta no intestino, reduzindo assim a absorção de colesterol, gordura e açúcar. Além disso, as gorduras boas como azeite, castanhas e abacates são boas para o sistema circulatório e reduzem o colesterol ruim, consequentemente, aumentam o colesterol bom.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More