Lista de exercícios sobre a República Velha

Confira os exercícios sobre a República Velha que selecionamos para você!

0

República Velha é a forma como é chamada a Primeira República, isto é, a primeira fase da República brasileira.

Iniciada a partir da Proclamação da República, esse período foi marcado pelo início da experiência republicana no país.

Sabendo disso, a equipe do Escola Educação selecionou alguns exercícios sobre a República Velha para você se informar mais sobre o assunto!

Exercícios sobre a República Velha

1 — Como é chamado o primeiro período da República Velha?

a) Primeira República.
b) República Federativa.
c) República da Espada.
d) Segunda República.

2 — Qual presidente da República Velha foi denominado de “marechal de ferro”?

a) Floriano da Fonseca.
b) Deodoro Peixoto.
c) Deodoro da Fonseca.
d) Floriano Peixoto.

3 — A República da Espada ficou assim conhecida por:

a) ter sido governada por dois militares.
b) ter sido um período marcado por grandes rebeliões.
c) ter sido uma fase caracterizada por conflitos entre militares e comerciantes.
d) ter sido governada por quatro militares.

4 — Durante a República Velha predominou a _______________ que se baseava em um acordo feito entre o governo federal e os estaduais visando garantir a manutenção do poder político nas mãos das elites que poderiam controlar todas as esferas políticas e sociais.

a) política da espada
b) política dos governadores
c) política da elite
d) política das oligarquias

5 — (VUNESP) Na Primeira República (1889–1930) houve a reprodução de muitos aspectos da estrutura econômica e social constituída nos séculos anteriores. Noutros termos, no final do século XIX e início do XX, conviveram, simultaneamente, transformações e permanências históricas. Francisco de Oliveira. Herança econômica do Segundo Império, 1985.

O texto sustenta que a Primeira República brasileira foi caracterizada por permanências e mudanças históricas. De maneira geral, o período republicano, iniciado em 1889 e que se estendeu até 1930, foi caracterizado:

a) pela predominância dos interesses dos industriais, com a exportação de bens duráveis e de capital.
b) por conflitos no campo, com o avanço do movimento de reforma agrária liderado pelos antigos monarquistas.
c) pelo poder político da oligarquia rural e pela economia de exportação de produtos primários.
d) pela instituição de uma democracia socialista graças à pressão exercida pelos operários anarquistas.
e) pelo planejamento econômico feito pelo Estado, que protegia os preços dos produtos manufaturados.

6 — A República Velha foi um período caracterizado pela:

a) manipulação do processo eleitoral em favor da elite industrial. Dessa forma, tanto o poder federal quanto o estadual se manteriam nas mãos das mesmas elites estaduais, impedindo, assim, possíveis ações da oposição.
b) introdução da democracia no país que começou a ser implantada assim que a Proclamação da República foi decretada.
c) manutenção da democracia, instalada desde a vinda da família real ao país.
d) manipulação do processo eleitoral em favor das oligarquias. Dessa forma, tanto o poder federal quanto o estadual se manteriam nas mãos das mesmas elites estaduais, impedindo, assim, possíveis ações da oposição.

7 — (Fuvest-SP) –A política do café, durante a Primeira República:

a) chegou ao auge do protecionismo com o Convênio de Taubaté, passando depois a reger-se pelas leis do mercado.
b) procurou atender aos interesses dos cafeicultores através de constantes medidas de proteção ao produto.
c) pode ser equiparada a de outras produções agrícolas, todas elas amparadas por Planos de Defesa.
d) atendeu exclusivamente aos interesses dos grandes grupos internacionais através dos Planos de Defesa.
e) foi dirigida pelo governo do estado de São Paulo, enquanto o poder federal mantinha uma atitude distante e neutra.

8 — (ENEM) –“Completamente analfabeto, ou quase, sem assistência médica, não lendo jornais, nem revistas, nas quais se limita a ver as figuras, o trabalhador rural, a não ser em casos esporádicos, tem o patrão na conta de benfeitor. No plano político, ele luta com o “coronel” e pelo “coronel”. Aí estão os votos de cabresto, que resultam, em grande parte, da nossa organização econômica rural.” LEAL, V. N. Coronelismo, enxada e voto. São Paulo: Alfa-Ômega, 1976 (adaptado).

O coronelismo, fenômeno político da Primeira República (1889–1930), tinha como uma de suas principais características o controle do voto, o que limitava, portanto, o exercício da cidadania. Nesse período, esta prática estava vinculada a uma estrutura social:

a) igualitária, com um nível satisfatório de distribuição da renda.
b) estagnada, com uma relativa harmonia entre as classes.
c) tradicional, com a manutenção da escravidão nos engenhos como forma produtiva típica.
d) ditatorial, perturbada por um constante clima de opressão mantido pelo exército e polícia.
e) agrária, marcada pela concentração da terra e do poder político local e regional.

9 — A política do café com leite teve sua origem na política dos governadores, período em que a política nacional era comandada por ricos fazendeiros dos dois estados com o número mais elevado de deputados no Congresso. Além disso, ambos eram muito populosos, o que facilitava a obtenção de votos. Quais estados eram esses?

a) Pernambuco (café) e Minas Gerais (leite).
b) São Paulo (café) e Minas Gerais (leite).
c) São Paulo (café) e Pernambuco (leite).
d) Rio de Janeiro (café) e São Paulo (leite).

10 — Marque a alternativa que concentra as principais características da República Velha:

a) Domínio das oligarquias estaduais, coronelismo, mandonismo, clientelismo.
b) Domínio das elites industriais, coronelismo, mandonismo, clientelismo.
c) Domínio das oligarquias estaduais, coronelismo, cristianismo, clientelismo.
d) Domínio das elites industriais, coronelismo, mandonismo, cristianismo.

Gabarito

1 — C
2 — D
3 — A
4 — B
5 — C

6 — D
7 — B
8 — E
9 — B
10 — A

Veja mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.