Lista de exercícios sobre o Segundo Reinado

Confira a lista de exercícios sobre o Segundo Reinado que selecionamos para você!

Sabemos que o Segundo Reinado foi a fase da história do Brasil em que o país foi comandado por Dom Pedro II, o monarca que ficou por mais tempo no trono brasileiro.

Esse período compreendeu os anos de 1840 a 1889.

Com isso, responda a lista de exercícios sobre o Segundo Reinado que a equipe do Escola Educação selecionou para você!

Lista de exercícios sobre o Segundo Reinado

1 — O Segundo Reinado foi a fase da história do país que sucedeu qual período?

a) Período Imperial.
b) Período Regencial.
c) Período Republicano.
d) Período Ditatorial.

2 — Qual foi o episódio que marcou o início do Segundo Reinado?

a) Golpe da Minoridade.
b) Golpe da Terceira Idade.
c) Golpe da Maioridade.
d) Golpe do Segundo Reinado.

3 — O Segundo Reinado foi caracterizado pela:

a) Abolição gradual da escravidão; relativa paz entre as províncias; Guerra do Paraguai (1864–1870).
b) Abolição gradual da escravidão; conflitos entre as províncias; Guerra do Paraguai (1864–1870).
c) Abolição gradual da escravidão; relativa paz entre as províncias; Guerra da Tríplice Aliança (1864–1870).
d) Manutenção da escravidão; fase de guerras entre as províncias; Guerra do Paraguai (1864–1870).

4 – Dom Pedro II assumiu o trono do Brasil com quantos anos?

a) 11 anos.
b) 12 anos.
c) 13 anos.
d) 14 anos.

5 — (UFMG 2009) – O Reinado de D. Pedro II foi marcado por ações que demonstravam o interesse da Monarquia em estimular o crescimento intelectual da nação. Considerando-se essa informação e outros conhecimentos sobre o assunto, é CORRETO afirmar que, entre as principais ações nesse sentido, se destaca:

a) a criação de instituições de ensino – como a Escola de Minas de Ouro Preto, que, embora voltada à formação das elites, cumpriu importante função na pesquisa e na prospecção de minerais.
b) a fundação do Museu da Inconfidência – um museu-escola –, que representou um ato de reparação aos mineiros pela perda, no processo de devassa da Inconfidência Mineira, de seus ilustres intelectuais.
c) o financiamento da vinda da Missão Artística Francesa, que se propôs a estimular e ensinar as mais diversas formas de expressão artística a artistas brasileiros.
d) o resgate e proteção do Barroco Mineiro – e, consequentemente, de Aleijadinho, seu principal representante como forma de valorização da produção cultural brasileira.

6 — (Mackenzie) – Em relação ao Segundo Reinado e à economia cafeeira, é incorreto afirmar que:

a) o cultivo do café tornou-se o estabilizador da economia do império, reforçando o sistema de dominação dos senhores rurais.
b) a decretação do Bill Aberdeen ampliou o mercado consumidor de café no Oeste Paulista e região do Vale do Paraíba, consolidando o escravismo.
c) de 1830 a 1880, quase toda a energia econômica voltou-se para o cultivo do café, que se expandia consideravelmente.
d) as estradas de ferro foram aparecendo em decorrência do aumento das regiões cultivadas e da necessidade de solucionar a questão dos transportes.
e) a solução para a falta de mão de obra cafeeira após 1850 apoiou-se no incentivo à imigração, cujas primeiras iniciativas estavam ligadas à firma Vergueiro&Cia.

7 — O crescimento da produção de café, durante o Segundo Reinado, contribuiu profundamente para a expansão econômica do país, que se tornou:

a) o maior comprador de grãos de café do mundo.
b) o país que mais devia o Fundo Monetário Internacional (FMI) do mundo.
c) o maior exportador de café do mundo.
d) o maior responsável pelo fornecimento do café que era colhido por meio do trabalho escravo dos indígenas.

8 — O Segundo Reinado foi um período que vivenciou um profundo investimento na produção cafeeira no país, fato que possibilitou o investimento em transportes, facilitando o escoamento do produto. Sendo assim:

a) houve a expansão das ferrovias que viabilizaram o crescimento e surgimento de novas cidades e o desenvolvimento do comércio e da indústria no Brasil.
b) houve a expansão das linhas de ônibus, que facilitou o transporte não somente dos produtos, mas dos trabalhadores.
c) houve a expansão das ferrovias que viabilizaram o crescimento e surgimento de novas fazendas e o desenvolvimento do comércio e da indústria no Brasil.
d) houve a expansão da quantidade de navios nos portos nacionais, fato que contribuiu para o fortalecimento das relações do país com outras nações do mundo.

9 — (IFSP) – A partir da segunda metade do século XIX, o Brasil viu surgir gradativamente o declínio da mão de obra escrava e a introdução da mão de obra livre do imigrante, que se dirigiu à lavoura cafeeira.

Sobre a relação café – mão de obra, assinale a alternativa correta.

a) o café prosperou na Bahia, que já se destacava com o fumo e o cacau; a mão de obra utilizada era a do imigrante espanhol que logo se adaptou ao calor e costumes baianos, sendo assalariado.
b) a lavoura cafeeira se estendeu do norte do Paraná até o oeste de Santa Catarina, sendo os alemães e poloneses trazidos da Europa para trabalharem como meeiros ou terceiros.
c) o café se instalou desde o Pará até São Paulo. Foi o responsável pela chegada dos japoneses, que tiveram muita dificuldade de adaptação (dada a diferença da língua e dos costumes), logo superadas. São eles, os responsáveis pela instalação de sítios e chácaras no Brasil.
d) o café, produzido em latifúndios, se estendeu por todo o litoral brasileiro; a mão de obra escrava era responsável pelo plantio e a imigrante, alemã e italiana, pela secagem e descascagem, havendo harmonia no convívio entre os trabalhadores e os patrões.
e) a lavoura cafeeira, por se adaptar melhor às áreas temperadas, encontrou na zona da Mata (MG) e na província de São Paulo as condições ideais. Na região do Vale do Paraíba, a produção ocorreu de maneira tradicional, sendo utilizada a mão de obra escrava. Estendendo-se para o interior paulista, a mão de obra do imigrante italiano substituiu a escrava, inicialmente através da parceria e, depois, através do sistema de colonato.

10 — _______________ foi um dos fatos que marcaram o Segundo Reinado. Composto por republicanos e monarquistas, seus integrantes eram comerciantes, profissionais liberais, estudantes, escravos e ex-escravos.

O principal objetivo dessa organização era acabar com a escravidão. Afirmavam que o trabalho livre estimularia a produtividade e que o fim do comércio de escravos proporcionaria investimentos em outros âmbitos.

a) O movimento escravocrata
b) O movimento antiescravismo
c) O movimento liberal
d) O movimento abolicionista

Gabarito

1 — B
2 — C
3 — A
4 — D
5 — A

6 — B
7 — C
8 — A
9 — E
10 — D

Saiba mais em:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More