Lista de exercícios sobre respiração branquial

Fixação de conteúdo sobre tipos de respirações com ênfase na branquial.

0

A respiração branquial ocorre quando a troca gasosa é realizada através das brânquias. Elas são estruturas muito vascularizadas e os capilares trocam o oxigênio da água passa pelo dióxido de carbono que está no corpo do animal.

Preparamos uma lista de exercícios sobre respiração branquial para que você possa testar seus conhecimentos sobre esse tipo de respiração dos animais que possuem hábito de vida aquático em algum momento.

Você pode conferir o gabarito e salvar essa lista em PDF no final do post!

Exercícios sobre respiração branquial

1) (UFPel) O sistema de respiração branquial dos peixes funciona retirando oxigênio dissolvido na água, captando-o para o seu organismo por intermédio de seus filamentos branquiais, por difusão gasosa. O dióxido de carbono, proveniente do metabolismo, é eliminado para o meio externo também por intermédio dos filamentos branquiais. Tomando como base o texto acima, pode-se afirmar que:

a) o oxigênio entra na circulação dos peixes por meio dos capilares branquiais, dada a sua menor concentração no meio aquático;
b) o oxigênio entra na circulação dos peixes por meio dos capilares branquiais, dada a sua maior concentração no meio aquático;
c) o dióxido de carbono entra na circulação dos peixes por meio dos capilares branquiais, dada a sua maior concentração no meio aquático;
d) o dióxido de carbono sai da circulação dos peixes por meio dos capilares branquiais, dada a sua maior concentração no meio aquático.
e) para fins de respiração, tanto o dióxido de carbono como o oxigênio entram e saem do organismo do peixe, não necessariamente pelas brânquias, mas por qualquer região do corpo desse animal.

2) (PUC-PR) A respiração é o fenômeno vital pelo qual os seres vivos extraem a energia química armazenada nos alimentos e a utilizam nos seus diversos processos metabólicos. No mecanismo respiratório, os animais podem efetuar as trocas gasosas com o ambiente, de várias maneiras. Assim temos os exemplos de animais com o correspondente tipo de respiração:

(1) minhoca
(2) tubarão
(3) gafanhoto
(4) galinha
(5) aranha
( ) respiração filotraqueal
( ) respiração traqueal
( ) respiração cutânea
( ) respiração branquial
( ) respiração pulmonar
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
a) 3 – 5 – 4 – 2 – 1.
b) 5 – 3 – 2 – 4 – 1.
c) 3 – 4 – 5 – 1 – 2.
d) 5 – 3 – 1 – 2 – 4.
e) 1 – 2 – 3 – 4 – 5.

3) Analise os animais abaixo e marque o único que não apresenta respiração por brânquias.

a) Lagosta.
b) Sardinha.
c) Golfinho.
d) Tubarão.
e) Arraia.

4) (UEL) Considere as seguintes características:

I. epitélio fino.
II. superfície úmida.
III. vascularização intensa.
IV. epitélio impermeabilizado.
A respiração pulmonar e a branquial têm em comum apenas:
a) I e II.
b) I e III.
c) III e IV.
d) I, II e III.
e) II, III e IV.

5) Nas brânquias dos peixes, observa-se que o fluxo da água ocorre no sentido oposto do fluxo sanguíneo, um processo que garante mais eficiência na captação de oxigênio. Esse processo é conhecido por:

a) hematose.
b) troca por contracorrente.
c) troca inversa.
d) corrente de oxigenação.
e) oxigenação por corrente.

6) (CESGRANRIO) Brânquias e pulmões são órgãos cuja estrutura reflete a função que exercem. O conteúdo dessa afirmação baseia-se, principalmente, no fato de ambas apresentarem:

a) estrutura ramificada, que possibilita grande superfície de contato com a água ou com o ar atmosférico.
b) estrutura compacta, que acarreta grande proteção das dobras por onde os gases se difundem.
c) grande número de canais, o que faz com que o gás oxigênio vá diretamente para as células de todo o corpo.
d) rica vascularização, que permite ao organismo a eliminação rápida do gás oxigênio.
e) extensa rede de leucócitos, que estimula a maior captação de gases da água ou do ar atmosférico.

7) Analise as alternativas seguintes e marque aquela que indica corretamente o local de entrada e saída da água na respiração dos peixes.

a) A água entra pela boca e sai pelas brânquias.
b) A água entra pelas narinas e sai pelas brânquias.
c) A água entra pela boca, passa pelas brânquias e sai pelas narinas.
d) A água entra pelas narinas, passa pelas brânquias e sai pela boca.
e) A água entra pela boca e passa pelos pulmões.

8) (UFT) O principal órgão respiratório em peixes e anfíbios é respectivamente:

a) brânquias e pele.
b) pele e pulmão.
c) brânquias e pulmão.
d) pulmão e traqueia.

9) Alguns animais possuem estruturas finas, em formas de lâmina e ricamente vascularizadas, que permitem trocas gasosas na água. Animais que apresentam essa estrutura possuem respiração do tipo:

a) pulmonar.
b) branquial.
c) cutânea.
d) traqueal.

10) (CESGRANRIO) A presença de opérculo, estrutura que recobre as brânquias em peixes ósseos, permite eficiência nas trocas gasosas mesmo com o peixe parado. Isso porque o opérculo possibilita melhor captação de oxigênio devido à(ao):

a) quebra das moléculas de água.
b) entrada de água pelas brânquias.
c) retirada de gases da bexiga natatória.
d) transporte ativo realizado por essa estrutura.
e) maior contato de água com as brânquias.

Gabarito

1 – b
2 – d
3 – c
4 – d
5 – b
6 – a
7 – a
8 – a
9 – b
10 – e

Clique aqui para salvar essa lista de exercícios em PDF!

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.