20 Expressões populares famosas

Os expressões populares carregam sentido simbólico e implícito. Elas estão vinculadas à oralidade e ao senso comum. Confira!

As expressões populares são termos afamados que carregam, geralmente, sentidos simbólicos e implícitos. Portanto, muitos não devem ser interpretados de forma literal.

Elas estão vinculados à oralidade e ao senso comum.

Além disso, são termos curtos e objetivos, mas carregados de essência poética.

Considerando estes aspectos, hoje, adentraremos no estudo das expressões populares, suas origens e exemplos mais famosos.

Expressões populares: origens e exemplos

Muitas expressões populares vigentes surgiram há séculos, frequentemente, com outros sentidos. Porém, a tradição oral adequou estas expressões aos contextos históricos.

Devemos ter em mente que a história dos indivíduos carrega expressões linguísticas e conceitos próprios. Por conseguinte, história e linguagem dialogam entre si. A história tem influência sobre a linguagem.

Podemos observar como as expressões populares são moldadas ao longo do tempo pelos dois exemplos abaixo:

  • Bicho de sete cabeças

A expressão popular “bicho de sete cabeças”, que atualmente significa um grande problema, originou-se da mitologia dos 12 trabalhos de Hércules.

Esta narrativa aborda que um dos ofícios de Hércules era assassinar a hidra, uma cobra de sete cabeças que ficava em Lerna, um pântano da Grécia.

Este bicho era muito assustador e cada vez que Hércules cortava a cabeça do animal, apareciam duas no mesmo lugar.

Analisando a origem desta expressão popular, podemos afirmar que houve grandes modificações semânticas.

O problema de Hércules era grande já que ao cortar a cabeça da cobra, ela se duplicava. É claro, hoje, não nos referenciamos a esta expressão literariamente como Hércules.

  • Rodar a baiana

Outra expressão popular que se adequou aos contextos no decorrer do tempo foi “rodar a baiana”.

Rodar a baiana em nosso atual cotidiano significa criar confusão, porém ela se originou no carnaval da Bahia no início do século 20.

Muitos rapazes tinham o hábito de beliscar o bumbum das mulheres na folia. Revoltadas com essa situação, as baianas começaram a desfilar com capoeiristas disfarçados.

Estes capoeiristas se fantasiavam de baianas. Assim, ao receberam os inapropriados beliscões dos rapazes, os capoeiristas fantasiados se vingavam com navalhas. Logo, houve muita violência.

Abaixo veja as 20 expressões populares antigas mais famosas:

  1. Abraço de tamanduá
  2. Arranca-rabo
  3. O fim da picada
  4. Tirar o pai da forca
  5. Cheio de nove horas
  6. Onde judas perdeu as botas
  7. Pensar na morte da bezerra
  8. Sem eira, nem beira
  9. Espírito de porco
  10. Ir para a cucuia
  11. Tirar o cavalo da chuva
  12. Bode expiatório
  13. A cobra vai fumar
  14. Segurar vela
  15. Lanterna
  16. Trocar as bolas
  17. Puxa-saco
  18. Santo do pau oco
  19. Pé-rapado
  20. Botar a mão no fogo.

Veja também:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More