História da Fotografia

Diversos pesquisadores foram responsáveis pela criação da fotografia.

Fotografia é uma técnica que utiliza uma exposição luminosa em uma superfície fotossensível para a criação de imagens.Sendo assim, a História da Fotografia estuda tais imagens, além das que foram captadas por lentes fotográficas modernas.

Ao mesmo tempo, esse estudo busca compreender a evolução dos aparelhos fotográficos e a forma como eram manuseados.

A origem da palavra fotografia vem do grego e significa, foto (luz) e graphein (gravar, escrever), ou seja, a tradução dessa palavra é gravar com luz.

Origem da fotografia

As primeiras pessoas que realizaram experiências fotográficas foram os alquimistas e químicos, por volta do ano 350 a.C.

No entanto, foi no século X, que Alhaken de Basora, de origem árabe, começou a analisar as imagens projetadas dentro de sua tenda, produzidas pela luz do Sol.

A partir do século XVI, diversos cientistas europeus fizeram descobertas que auxiliaram no desenvolvimento da fotografia, foram eles: Ângelo Sala (1576-1637), Carl Wilhelm Scheele (1742-1786), Johann Henrich Schulze (1687-1744) e Thomas Wedgwood (1771-1805).

Em 1725, o cientista alemão citado acima, Johann Schulze, conseguiu que uma imagem durável fosse projetada em uma superfície. O britânico Thomas Wedgwood também conseguiu alcançar tal feito no século XIX.

Evolução da fotografia

Na metade do século XIX, “tirar fotografia” se tornou moda entre a sociedade europeia. Este fato corrobora com a ideia de que existiram muitos pesquisadores voltados para a atividade de capturar imagens em um papel.

Contudo, o francês Joseph Niépce (1763-1828) foi o responsável por tirar a primeira fotografia, em 1826.

História da Fotografia
A primeira fotografia da História, tirada por Joseph Niépce, em Saint-Loup-de-Varennes, França.

Daguerreótipo

O daguerreótipo foi um aparelho fotográfico, criado por Louis Jaques Mandé Daguerre (1789-1851), capaz de capturar imagens permanentes. No entanto, seu peso inviabilizou sua popularização.

História da Fotografia
Daguerreótipo

Calótipo

Criado em 1841, o calótipo foi um instrumento criado por William Henry Fox Talbot (1800-1877) que tinha como função aprimorar o processo de fixação das imagens.

História da Fotografia
Calótipo

Fotografia colorida

A fotografia colorida foi inaugurada, em 1861, pelo físico escocês James Clerk Maxwell (1831-1879), que contou com a contribuição dos irmãos Auguste (1862-1954), Gabriel Lippman (1845-1921) e Louis Lumière (1864-1948).

Tempos depois, os irmãos Auguste conseguiram atribuir movimento às imagens. Tal processo resultou na criação do cinema.

Ducos du Hauron (1837-1920) foi o criador da prática de gravação das imagens coloridas adotando as cores verde, vermelho e azul (cores aditivas) e o amarelo, ciano e magenta (cores subtrativas).

História da Fotografia
Primeira fotografia tirada pelo francês Ducos du Hauron, em 1877.

Popularização da fotografia

O século XIX foi marcado pela popularização da fotografia, que passa a fazer parte do cotidiano do povo europeu. Contudo, apenas os fotógrafos profissionais tinham acesso ao aparelho.

A fotografia começa a ser um elemento constitutivo dos eventos públicos, aniversários e casamentos. Para obter um resultado satisfatório, as pessoas fotografadas deveriam ficar imóveis para que a imagem tivesse uma boa resolução no papel.

Em 1901, a Kodak lançou a primeira câmera popular, a Brownie-Kodak. Em 1935, a mesma empresa criou o Kodachrome, o precursor na linha de filmes coloridos. Em 1963, a Polaroid criou a fotografia colorida instantânea.

História da Fotografia
Segundo modelo da Brownie-Kodak.

Em 1990, a Kodak lança a câmera digital DCS 100, uma máquina fotográfica acessível e de fácil manuseio.

A partir de então, inicia-se uma era de registros fotográficos por meio de câmeras digitais e celulares que armazenam as imagens nas “nuvens” ou em computadores.

Fotografia no Brasil

Antoine Hercule Romuald Florence (1804-1879) foi um francês que viveu no Brasil durante o século XIX. Ele foi uma das primeiras pessoas a utilizar o termo “fotografia”, em 1832, antes de seus contemporâneos europeus.

É importante ter em mente que a fotografia foi fruto de diversas pesquisas desenvolvidas por inúmeros cientistas que tinham o mesmo objetivo: capturar momentos.

O ano de 1840 foi marcado pela chegada da fotografia no Brasil. Dom Pedro II ficou entusiasmado com a máquina fotográfica e a fotografia.

O imperador colecionava daguerreótipos que registravam diversos momentos da família imperial no Brasil. O crescimento das cidades e a consequente urbanização fez com que a fotografia ganhasse destaque.

Marc Ferrez (1843-1923) foi um fotógrafo brasileiro que capturou vários registros do país, tornando-se um referencial da profissão do século XIX.

Entretanto, a fotografia não era utilizada para registrar somente acontecimentos felizes ou do cotidiano. Ela foi um instrumento adotado por Flávio Barros para capturar momentos dramáticos da Guerra do Paraguai e da Guerra de Canudos.

Curiosidades sobre a fotografia

  • Dom Pedro II era colecionador de fotografias. Ele chegou a ter um acervo que reunia mais de 25 mil fotos.
  • O dia 19 de agosto é considerado o Dia da Fotografia, pois foi o dia em que Louis Daguerre apresentou sua invenção na Academia de Ciências da França, em 1839.

Saiba mais em:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More