Índio

O índio é produzido principalmente a partir de resíduos gerados durante o processamento de minério de zinco.

0

Índio (símbolo químico In, número atômico 49) é um metal raro, macio, maleável e facilmente fusível. É quimicamente similar ao alumínio e gálio e os minérios de zinco também são a principal fonte deste metal.

O índio é produzido principalmente a partir de resíduos gerados durante o processamento de minério de zinco, mas também é encontrado em minérios de ferro, chumbo e cobre. A quantidade de índio consumida mundialmente é usada principalmente na produção de telas LCD.

Para que serve?

Tabela Periódica - Índio

A principal aplicação do índio é fazer eletrodos finos e transparentes de óxido de estanho e índio para telas de cristal líquido (LCDs). Também é usado como um dopante semicondutor, como um revestimento em metais e vidro (para espelhos), como um filtro de luz em lâmpadas de vapor de sódio, e como um componente em ligas de baixa temperatura de fusão.

Diversos compostos de índio são úteis como semicondutores, e o óxido é bom para fazer painéis eletroluminescentes. Além disso, o índio é usado ​​em detectores infravermelhos.

História

O índio foi descoberto por Ferdinand Reich e Hieronymous Theodor Richter em 1863, quando estavam testando minérios de zinco com um espectrógrafo em busca de tálio. O elemento foi nomeado em homenagem a linha índigo em seu espectro atômico. É interessante notar que a maioria dos elementos foi descoberta durante a busca por outros elementos. Richter passou a isolar o metal apenas em 1867.

Características

Na tabela periódica, o índio encontra-se no grupo 13 (antigo grupo 3A), entre gálio e tálio, e no mesmo grupo que o alumínio. Consequentemente, suas propriedades se assemelham aos desses três elementos. Além disso, situa-se no período 5, entre cádmio e estanho. Também é dito que é um dos “metais pobres” – elementos localizados entre os metais de transição e os metalóides na tabela periódica.

O índio é um metal branco muito macio e prateado e como um metal puro, emite um “grito” agudo quando dobrado. Este elemento e o gálio são capazes de “molhar” o vidro.

Dados

Massa atômica – 114,818 u
Configuração eletrônica – [Kr] 4d10 5s2 5p1
Elétrons – 2, 8, 18, 18, 3
Estado da matéria – sólido
Ponto de fusão – 429,7485 K
Ponto de ebulição – 2345 K
Entalpia de fusão – 3,263 kJ/mol
Entalpia de vaporização – 231,5 kJ/mol

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.