Leilão realizado pela Aneel promete gerar 31.697 vagas de emprego direto

Os vencedores do leilão terão que concluir as obras entre 42 a 60 meses, contados a partir do momento em que os contratos foram assinados.

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) realizou nesta quinta-feira, 30 de junho, um leilão para poder construir, operar e realizar a manutenção de 5.425 quilômetros de linhas de transmissão e de 6.180 mega-volt-amperes (MVA) em capacidade de transformação em subestações de energia.

Leia mais: Nova lei diminui conta de luz através da devolução do PIS/Cofins

Sendo o leilão dividido em 13 lotes, é previsto que sejam investidos R$ 15,3 bilhões na geração de 31.697 empregos diretos em 13 estados do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará e Rondônia.

As instalações de energia fazem parte do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) da Presidência da República. Os vencedores do leilão terão que concluir as obras entre 42 a 60 meses, contados a partir do momento em que os contratos foram assinados. Já para os prazos de concessão das linhas será de 30 anos.

Camila Bonfim, diretora-geral substituta da Aneel, informou que o sucesso do leilão só foi possível porque há um ambiente que oferece segurança e é bastante atrativo para os investimentos no setor, o que foi construído ao longo de anos com uma governança estruturada, segurança jurídica, estabilidade e previsibilidade regulatória. “Nós trabalhamos com regulamentos que geram incentivos na competição e na inovação para assegurar o serviço de qualidade e tarifas justas. Continuaremos com esse propósito que tem gerado bastante resultado no sucesso dos leilões de transmissão de energia”, informou.

Já para o secretário adjunto do Ministério de Minas e Energia, José Roberto Bueno Júnior, as obras que foram liberadas irão contribuir de uma forma bastante relevante, promovendo suprimento adequado aos consumidores de energia do país, sempre alinhados com a busca do déficit tarifário e indicando novas soluções de expansão.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More