Floresta ombrófila mista ou Mata de Araucárias

Continue lendo para conhecer essa floresta que possui árvores tão características.

Floresta Ombrófila Mista, conhecida também como Mata de Araucárias, ou ainda Floresta de Araucárias, é uma fitofisionomia que integra o bioma Mata Atlântica.

Ela é caracterizada pela presença massiva de araucárias (Araucaria angustifolia), uma gimnosperma conífera. Entretanto, também existem plantas dos outros grupos coexistindo com as araucárias.

Esse tipo de floresta se encontra em locais de altitudes elevadas, com temperaturas baixas no inverno, quentes no verão e com chuvas durante todo o ano.

Mapa das Matas de Araucária

No Brasil encontramos Matas de Araucária na região sul, principalmente no estado do Paraná, mas elas também podem ocorrer espaçadamente em algumas regiões do estado de São Paulo.

Mapa de localização das Matas de Araucária no Brasil
Mapa de localização das Matas de Araucária no Brasil (Mapa reproduzido do World Wide Fund for Nature).

Flora da Mata de Araucárias

As araucárias são árvores imponentes que podem chegar até 50 metros de altura com tronco cilíndrico e sem ramificações.

Essa é uma espécie que precisa de muita luz solar, mas é beneficiada pela sombra das outras árvores até os dois anos.

Apesar de viverem em locais com muita chuva, elas exigem um solo bem drenado, profundo e muito fértil.

Essas condições de solo somadas as necessidades climáticas desse tipo de floresta, faz com que o habitat dessa espécie seja bastante limitado geograficamente.

Como as araucárias são muito altas e sua copa tem um formato muito característico, pode dar uma falsa impressão que não existem outros estratos nas Matas de Araucária. Entretanto, abaixo do dossel de araucárias é possível encontrar uma diversidade de plantas.

São encontradas muitas espécies conhecidas popularmente como canelas, além da erva-mate, muito usadas para chimarrão, leguminosas, mirtáceas e, claro, outras espécies de gimnospermas.

Mata de Araucária - Dossel de Araucárias
Mata de Araucária – Dossel de Araucárias

Fauna da Mata de Araucárias

A biodiversidade de animais nas Matas de Araucárias é bastante alta, sendo possível encontrar espécies raras, ameaçadas de extinção, endêmicas e migratórias.

Muitas aves estão presentes nessas florestas, entre elas o quero-quero, muitos beija-flores, tucanos, papagaios, etc.

Entre os animais ameaçados de extinção estão a onça-parda, a onça pintada, a jaguatirica, o mico-leão-dourado e o tamanduá.

Também é possível encontrar répteis como teiú, serpentes, como jararacas e jiboias, assim como mais de 20 espécies de primatas que, juntamente com outros animais, são endêmicos, ou seja, eles só existem nesses locais.

Problemas ambientais

As Florestas Ombrófilas Mistas estão em elevado grau de fragmentação, com a maioria de seus remanescentes florestais reduzidos a pequenos fragmentos.

Isso se deve pelas altas taxas de exploração madeireira de araucárias e espécies como imbuia, devido a alta qualidade da madeira, que é leve e sem falhas.

Houve também o aumento de regiões agrícolas e, atualmente, a porcentagem de floresta preservada não atinge os 2% da floresta original.

Em meados de 2000, o Ministério do Meio Ambiente criou uma força tarefa de proteção as Matas de Araucárias, ocasião na qual foi acordado a criação de oito unidades de conservação nos estados do Paraná e Santa Catarina, que começaram a ser fundadas em 2005.

Mata de Araucárias - Exploração madeireira
Mata de Araucárias – Exploração madeireira

Curiosidades

Você sabia que uma araucária pode viver até 500 anos? E que ela demora em média 15 anos para atingir a vida adulta e reprodutiva?

É isso mesmo! As araucárias têm o ciclo de vida muito longo e por isso demoram para liberar novas sementes e gerar novos indivíduos.

Por esses motivos, e por serem tão importantes aos ecossistemas que pertencem, elas são protegidas pela justiça, sendo considerado crime ambiental qualquer corte ou poda não autorizada por um juiz.

Veja também:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More