Netflix vai ficar mais cara: Mensalidade no Brasil pode chegar a R$ 55,90

Empresa fará reajustes nos valores dos planos. Clientes antigos devem ser avisados por e-mail. Inicialmente, os valores reajustados passarão a ser cobrados dos novos assinantes.

Uma das características mais atrativas dos serviços de streaming, como a Netflix, é o custo-benefício. Contudo, os amantes de séries e filmes devem preparar o bolso desde já. A partir desta semana, o serviço da Netflix pode ficar mais caro. É possível que as mensalidades cheguem aos R$ 55,90.

Leia ainda: As 30 Melhores séries de comédia na Netflix para dar boas risadas

Desde 2019, a mensalidade da Netflix não sofria reajustes. Em contrapartida, as produções autorais e as reproduções autorizadas aumentaram em volume e qualidade. Esta é a justificativa da empresa para explicar o motivo do aumento da tarifa.

Em nota, a Netflix diz que “continuaremos oferecendo os melhores conteúdos, entre filmes e séries, além de uma vasta variedade de gêneros […]. Oferecemos diversos planos, a partir de R$25,90 por mês, para que as pessoas possam escolher um preço dentro de suas necessidades”.

Apesar da parcela de R$ 55,90 assustar os assinantes, ela será a mais cara dentro dos serviços. O plano básico continuará com um valor mais acessível, sendo o que teve o menor reajuste de todos. As porcentagens de aumento variam entre 18,2% e 21,7%.

Confira a tabela de preços anunciadas pela Netflix recentemente

– Plano Básico: R$ 25,90 (o preço anterior era de R$ 21,90). O aumento sofrido foi de 18,2%;

– Plano Padrão: R$ 39,90 (o preço anterior era de R$ 32,90). O aumento sofrido foi de 21,2%;

– Plano Premium: R$ 55,90 (o preço anterior era de 45,90). O aumento sofrido foi de 21,7%.

Inicialmente, os valores reajustados passarão a ser cobrados dos novos assinantes. Segundo a Netflix, quem já possui assinatura ainda pagará pelos preços antigos.

Para os usuários antigos será encaminhado um e-mail anunciando o reajuste da tarifa. O aviso será emitido de forma gradativa pelos próximos 30 dias. Por isso, os clientes ainda podem refazer as contas e decidir se vale a pena manter o serviço ou não. Vale ressaltar que a Netflix ainda é o maior serviço de streaming por assinatura presente no país. 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More