O que foi o New Deal?

O New Deal foi um plano de recuperação econômica criado para combater os efeitos da crise de 1929, nos Estados Unidos.


O New Deal (“Novo Acordo”) foi um plano de recuperação econômica caracterizado por uma profunda intervenção do governo na economia.

Implantado em 1932 pelo então presidente dos Estados Unidos, Franklin Roosevelt, o New Deal propunha uma nova forma de gerenciar a economia.

Entre as principais medidas adotadas pelo plano estavam:

  • Controle sobre a produção e os preços: evitar a superprodução;
  • Investimento em obras públicas: tais obras geraram milhões de empregos;
  • Diminuição da jornada de trabalho: com o intuito de abrir novos postos de trabalho;
  • Criação do seguro-desemprego;
  • Fixação do salário mínimo;
  • Criação do seguro-velhice;
  • Destruição dos estoques de produtos agrícolas: visando impedir a queda de seus preços.

O que foi o New Deal – Resumo

O dia 24 de outubro de 1929 presenciou uma intensa retração econômica que já vinha se mostrando. Neste dia, conhecido como “quinta-feira negra”, vários acionistas viram o valor de suas ações despencarem.

Rapidamente, cerca de 4 mil bancos fecharam, 85 mil empresas decretaram falência e quase 12 milhões de estadunidenses ficaram desempregados.

A intensa queda da economia dos Estados Unidos diminuiu os níveis de exportação e suspendeu as linhas de crédito disponibilizadas para a reconstrução do continente europeu.

Assim, foi nesse contexto de crise econômica que o então presidente norte-americano, Herbert Hoover, e seu partido, o Republicano, perderam força.

Em 1932, o democrata Franklin Delano Roosevelt vence as eleições presidenciais. Visando superar a crise, ele monta uma equipe formada por diferentes orientações políticas que cria um plano para frear o liberalismo, o New Deal, inspirado nas teorias econômicas de John Maynard Keynes.

O governo liberou uma alta soma de dinheiro e determinou que ele fosse investido em diversas áreas com a finalidade de combater o desemprego e estimular o consumo.

Além disso, o governo fiscalizou os empréstimos concedidos aos órgãos privados e públicos, visando controlar o desenvolvimento econômico em áreas realmente necessitadas e ofereceu ajuda às pessoas que tinham seus imóveis hipotecados.

O New Deal modificou a relação entre a economia e o Estado. Por meio dele o desemprego diminuiu, os salários se estabilizaram, a agricultura e a indústria se recuperaram de modo parcial e, a partir de 1934, a renda dos Estados Unidos voltou a subir.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.