Para ajudar profissionais, Conquer libera curso gratuito de inteligência emocional

O curso de inteligência emocional, um dos mais requisitados, está sendo oferecido pela Conquer gratuitamente. Se pago, o custo seria em torno de R$ 2 mil.

0

O mundo está passando por um período de crise e, por consequência, a economia acaba sendo afetada. Algumas pessoas já perderam os seus empregos, outras estão com medo do futuro que as aguarda, já que muitas empresas têm sentido o impacto e fechado as portas.

As incertezas atingem tanto os colaboradores quanto os pequenos e médios empresários. Muitos acreditam que nada será como antes.

Se as questões trabalhistas já eram emergentes, agora será mais complicado lidar com esse assunto, alertando para a necessidade de haver inteligência emocional para que as ações ocorram com serenidade e do melhor modo possível.

Desemprego e inteligência emocional

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil começou o ano de 2020 com 11,9 milhões de desempregados, uma taxa de 11,2%. Segundo alguns estudiosos, a perspectiva é que até o final de maio, o número alcance o patamar de 16,5 milhões.

Com o intuito de contribuir, para que as pessoas saibam lidar com esse momento turbulento, a escola de negócios Conquer disponibilizou gratuitamente o curso de Inteligência Emocional.

Uma das formações mais populares, com valor médio de R$ 2 mil, está sendo oferecida sem nenhum custo, para qualquer interessado!

“Esta é uma ação inédita da Conquer. Entendemos que é um momento difícil em que muitas coisas estão em jogo: a economia, os empregos, e, sobretudo, a saúde mental. Por isso, acreditamos que é hora de todos fazerem aquilo que está ao seu alcance para atravessarmos essa tempestade da melhor forma possível”, destaca Sidnei Jr., um dos co-fundadores da escola.

De acordo com uma pesquisa feita pela Deloitte, no período do pico do novo coronavírus na China, o estresse psicológico dos colaboradores é o grande responsável por 46% das aflições das instituições.

“A gente entende que é um momento muito complicado para a economia e, principalmente, de muita adaptação. Empresas e trabalhadores estão precisando se reinventar e, para que isso seja efetivo, e que possa trazer resultados é preciso muita inteligência emocional”, ressalta Sidnei Jr.

O que é o curso de Inteligência Emocional?

O conceito de inteligência emocional ganhou popularidade com a divulgação do livro Inteligência emocional: A teoria revolucionária que redefine o que é ser inteligente (1995), de Daniel Goleman.

Na obra, o autor afirma que o fator intelectual influencia em apenas 20% das habilidades essenciais para alguém ser bem-sucedido. A maior porcentagem, 80%, é de responsabilidade das emoções.

Portanto, além do conhecimento técnico, são necessárias outras capacidades para o bom desempenho profissional, como o autoconhecimento, a empatia, a gestão das emoções, sociabilidade e várias outras atividades envoltas na inteligência emocional.

Sustentado nesse pilar, o curso possui o total de oito módulos oferecidos por videoaulas e master class ao vivo. No conteúdo programático, serão abordagens temáticas de Adaptabilidade, Autoconhecimento e Autogestão, Empatia, Felicidade e Liderança.

Grandes nomes do cenário corporativo estão na lista de participação, entre eles:

  • Gláucia Garcello, diretora da Deloitte;
  • Gustavo Britto, coordenador de educação corporativa do Grupo Boticário;
  • Patrícia Tourinho, da Johnson&Johnson;
  • Ricardo Basaglia, diretor geral da Michael Paige.

No final do curso, se cumprida as exigências, os alunos receberão o certificado. Para saber mais e realizar a sua inscrição, acesse o site da Conquer.

*Com informações de RIC Mais

Você pode gostar também de:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.