Projeto Dia do Índio

Data comemorativa oficial no Brasil desde 1943, o Dia do Índio é um ótimo momento para, além de apresentar a cultura, quebrar uma série de preconceitos.

0

O Dia do Índio é comemorado no Brasil em 19 de abril. A data não foi escolhida ao acaso. Sua origem está ligada a realização do Congresso Indigenista Interamericano, ocorrido em 1940 em Patzcuaro, no México.

A finalidade do evento era debater medidas de proteção aos índios do continente americano. O evento aconteceu entre os dias 14 e 24 de abril daquele ano. A princípio os representantes dos próprios indígenas se recusaram a participar, sob a alegação de que os líderes políticos dos países participantes seriam o foco do congresso.

Após o boicote inicial, em 19 de abril eles decidiram participar das discussões. A data, portanto, foi escolhida para celebrar o Dia do Índio. Delegações de 55 países se reuniram no México. Das Américas, apenas Canadá, Haiti e Paraguai não participaram.

Contudo, a data não foi oficializada de imediato no Brasil, principalmente porque o país não aderiu às determinações do evento. Foi somente em 1943, por meio de um decreto de Getúlio Vargas, é que a data comemorativa foi oficialmente instituída no país.

Segundo o Censo Demográfico realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2010, o país contava com apenas 10% do total da população indígena que vivia aqui em 1500, ano da chegada dos portugueses.

Naquele ano a estimativa é de que no Brasil haviam 817,9 mil indígenas, divididos em 305 etnias e 274 línguas distintas. Boa parte dos habitantes foram dizimados durante o período de colonização. Mas ainda hoje essa população sofre com o avanço da agropecuária rumo às suas terras.

Culturalmente, durante muito tempo os índios foram tratados como figuras mitificadas, além de serem cercados de preconceitos de diversas naturezas. Na hora de levar projetos como esse para a sala de aula, é importante quebrar com esses pensamentos, sempre com o uso de exemplos reais.

A cultura indígena faz parte da essência dos povos, por isso, use amplos recursos para salientar as diferenças e como cada um deles é singular. Vale frisar, também, que assim como o restante das pessoas eles acompanham a evolução do mundo. Por isso, o uso de tecnologia não altera quem são, tampouco a preservação da cultura e dos costumes.

Projeto Dia do Índio

Justificativa:

Apesar de discussões sobre temas indígenas serem pertinentes a todas as épocas do ano, muitas escolas montam seu calendário de atividades com base nas datas comemorativas. A data ganha ainda mais notoriedade quando lembramos da necessidade de valorizar a cultura desses povos e despertar nas crianças a importância de respeitá-la.

Além disso, a ministração de conteúdos referentes aos povos indígenas do Brasil, a cultura indígena brasileira e o índio na formação da sociedade nacional, bem como suas contribuições para a área social, econômica e política ao longo da história do Brasil são legalmente assegurados pela Lei Nº 11.645, de 10 março de 2008.

Objetivos:

  • Identificar a influência da cultura indígena em nossa sociedade;
  • Potencializar a criatividade e imaginação;
  • Conhecer, valorizar e respeitar os diferentes aspectos culturais de cada povo;
  • Desenvolver raciocínio e atenção;
  • Estimular a oralidade;
  • Trabalhar a expressão corporal;
  • Valorizar a pluralidade cultural característica do nosso país;
  • Conhecer diferentes etnias indígenas brasileiras e refletir sobre como elas são importantes para a formação da população do Brasil.

Desenvolvimento:

  • Leitura compartilhada de textos informativos sobre a atual situação dos índios no Brasil;
  • Contação de histórias, lendas e contos indígenas;
  • Desenhos livres;
  • Escolha de uma tribo e elaboração de pesquisa sobre ela (Guaranis, Ticunas, Caingangues, Macuxis, Terenas, Guajajaras, Ianomâmis, Xavantes e Pataxós, por exemplo);
  • Bingo de palavras indígenas;
  • Apresentação de vídeos com músicas e danças;
  • Elaboração de um vocabulário ilustrado sobre as palavras de origem indígena que usamos no nosso cotidiano;
  • Desenhos para colorir;
  • Atividades sobre o Dia do Índio para imprimir;
  • Uso de fotos para explicar e diferenciar algumas das mais de 300 etnias indígenas presentes no Brasil, suas línguas, habitações, comidas e cultura;
  • Fichas de leitura;
  • Lanche temático com comidas indígenas;
  • Pintura de objetos de cerâmica;
  • Jogos, brinquedos e brincadeiras;
  • Pinturas e colagens;
  • Debates sobre o que podemos aprender com esses povos;
  • Exibição de filmes e documentários;
  • Confecção de lembrancinhas para a turma.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.