Aumentou? Descubra qual é o valor do Auxílio Brasil em maio

Veja também as condições para consultar seu cadastro e valores a receber pela internet.

Recentemente, o Governo Federal divulgou alterações no valor do Auxílio Brasil. Desde o dia 18 de maio, milhões de brasileiros que fazem parte do programa tiveram um acréscimo na renda. Por conta disso, é importante ficar atento aos informes do CadÚnico e valores dos pagamentos feitos pelo Auxílio Brasil. Com isso, veja abaixo se houve alteração no valor do benefício em maio.

Leia mais: Confira nova rodada de pagamentos para o Auxílio Brasil e Vale-Gás

Como funciona o Auxílio Brasil?

Alcançando quase 18 milhões de brasileiros, o Auxílio Brasil é um benefício que tem como principal objetivo prestar ajuda e complementar a renda mensal de famílias em situação de vulnerabilidade. Para ter direito ao pagamento, os cidadãos precisam preencher alguns requisitos e ter seus dados atualizados no CadÚnico.

Entre eles, é necessário viver em situação de extrema pobreza, em que a renda familiar seja de até R$ 105 por indivíduo, ou em condição de pobreza, com renda familiar de no máximo R$ 210 por pessoa, tendo ao menos uma gestante, nutriz ou menor de 21 anos em casa. Porém, é preciso verificar se o pagamento foi mantido, visto que uma série de bloqueios está sendo realizada pelo Ministério da Cidadania.

Calendário da parcela do Auxílio Brasil de maio

O valor do pagamento continua o mesmo, no valor mínimo de R$ 400 por mês, mas as datas para cada NIS sofreram algumas alterações. Confira:

  • Final do NIS 1: 18 de maio;
  • Final do NIS 2: 19 de maio;
  • Final do NIS 3: 20 de maio;
  • Final do NIS 4: 23 de maio;
  • Final do NIS 5: 24 de maio;
  • Final do NIS 6: 25 de maio;
  • Final do NIS 7: 26 de maio;
  • Final do NIS 8: 27 de maio;
  • Final do NIS 9: 30 de maio;
  • Final do NIS 0: 31 de maio.

Caso você esteja fora da lista de pagamentos, é necessário acessar o app Cadastro Único para verificar o motivo da exclusão. Em geral, muitos bloqueios estão ocorrendo porque os beneficiários não atualizaram suas informações na plataforma, o que pode gerar choque com outros bancos de dados do governo, como o INSS.

Por conta disso, ao atualizar sua documentação, você deverá passar por uma nova triagem, em que haverá a correção de suas informações e até ressarcimento do pagamento.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More