Quanto Ganha Um Coronel da PM?

Além de receber salários altos, um coronel da polícia militar é um dos profissionais essenciais em questões sociais como segurança.

0

Muitas pessoas tem o sonho de ingressar no mercado de trabalho da polícia militar (PM). Isso por que o policial é visto como referência para a população, o que possibilita se destacar como liderança local, além de receber várias vantagens e benefícios aliado a possibilidade de evolução na carreira, o que faz com que o salário do profissional aumente cada vez mais.

Um dos cargos mais almejados é de coronel da polícia militar, o qual faz parte das funções estratégicas de segurança, além de receber salários expressivos e que chamam atenção.

Veja também: 

Quanto ganha um Policial Civil?

Quanto ganha um Policial Federal?

Quanto ganha um Policial Militar?

Ficou curioso? Confira agora mais informações sobre a remuneração desses profissionais em diversas regiões.

Quanto ganha um coronel da Polícia Militar?

Segundo informações da Polícia Militar, um coronel recebe como salário inicial em média de no mínimo R$ 9.257,42 e um tenente-coronel de R$ 8.267,76.
Esses números podem variar muito de acordo com a região exercida, veja alguns exemplos de salários quanto às suas regiões de atuação:

Quanto ganha um coronel da pm em São Paulo?

Em São Paulo, o salário médio inicial de um coronel da PM já é maior que a média geral, o valor está entre R$ 13.500 mensais, acrescidos das gratificações.
No entanto, esses valores variam bastante, mesmo no mesmo Estado.
Por exemplo, em agosto de 2012, o jornal “O Globo” divulgou a informação segundo a qual um coronel da PM paulista ganhava mais de R$ 254 mil a cada mês.

Quanto ganha um coronel da pm no Rio de Janeiro?

Já no estado do Rio de Janeiro, um coronel da PMERJ deverá ganhar R$ 15.300 por mês, de acordo com tabela de reajustes escalonados (entre 2014 e 2019).
Atualmente, a remuneração é no valor de R$ 11.500 mensais.

Quanto ganha um coronel da pm em cada região do Brasil?

Veja a seguir uma relação de média salarial desses profissionais de acordo com cada região do Brasil:

Fonte: Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública 2012

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.