Quem tem direito a receber benefício do INSS atrasado até o final deste ano?

Algumas pessoas tem direito de receber uma quantia atrasada do INSS, devido à ações na Justiça por concessão ou revisão de benefícios.

Algumas pessoas tem direito de receber uma quantia atrasada do INSS, devido à ações na Justiça por concessão ou revisão de benefício. O dinheiro atrasado é liberado de acordo com a ordem de pagamento que o juiz emitiu, além do valor que precisa ser pago.

Leia mais: Saiba quais são as 6 regras que podem fazer seu INSS ser suspenso

Isso quer dizer que beneficiários que precisam receber uma Requisição de Pequeno valor (RPV) podem obter o dinheiro em até dois meses. O limite para esse recebimento é de 60 salários, que equivale a R$ 72.720. Quem está aguardando uma precatória, que é uma dívida judicial maior que 60 salários mínimos, terá o pagamento feito uma vez, e depende do orçamento federal.

Para este ano, os pagamentos de precatórios serão entre o final de julho e início de agosto, sendo depositados diretamente nas contas dos segurados ou dos advogados responsáveis pela causa. O governo ainda deixará de pagar 25% da verba em 2022, devido à PEC dos Precatórios.

Para receber este ano, o segurado deve ter tido precatório liberado pelo juiz entre 2 de julho de 2020 e 1º de julho de 2021. Contudo, nem todos da lista irão receber, já que haverá esse corte na verba prevista.

A lista contendo os nomes de quem receberá este ano será liberada no mês que vem, e ela continuará respeitando a ordem de prioridade da PEC dos Precatórios. Quem confirmou tais informações foram o Conselho da Justiça Federal e mais cinco Tribunais Regionais Federais.

A prioridade é feita na seguinte ordem: primeiro os precatórios alimentícios, e depois os beneficiários com mais de 60 anos de idade ou que tenham deficiência ou doença grave.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More