Regiões do Brasil – Regiões e Seus Estados

Saiba mais sobre a geografia do Brasil, conheça cada uma das cinco regiões do Brasil, seus estados, clima, relevo, vegetação e economia.

0

O Brasil é um país de enorme extensão territorial e proporções continentais, apresentando uma área de 8.514.876 km². Tendo em vista sua grandiosidade, foi preciso dividir o território em regiões com objetivos de facilitar a administração e organização política

Para reunir estados em uma mesma região são utilizados critérios como semelhanças nos aspectos físicos, humanos, culturais, de relevo, clima, vegetação, hidrografia, assim como das atividades econômicas e sociais.

Com isso, dividiu-se o país em 5 regiões, 26 estados,  um Distrito Federal (que contém a capital do país: Brasília) e municípios, em que cada estado um deles possui uma capital, em que são as “sedes” que são tomadas as decisões políticas e administrativas.

As regiões do Brasil são: Norte, Nordeste, Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Região Norte

A região Norte abriga os seguintes estados: Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

  • Clima: Equatorial
  • Vegetação: Floresta amazônica, apresentando algumas manchas de cerrado.
  • Relevo:  Formado pela Planície Amazônica, pelos Planaltos Amazônicos Orientais que a envolvem e pela sequência de depressão marginal-planalto residual, tanto no sentido norte como no sul.
  • Economia: Se baseia no extrativismo vegetal e mineral, com destaque para a extração de madeira e para as jazidas de ferro e de manganês na Serra dos Carajás. Indústrias aparecem, sobretudo, na Zona Franca de Manaus – onde se instalaram com incentivos fiscais a partir da década de 60.

Região Nordeste

O Nordeste abrange Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Piauí, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Sergipe.

  • Clima: Tropical úmido (na região litorânea e na porção leste do Planalto da Borborema), semi-árido (no Sertão nordestino) e equatorial (no noroeste do Maranhão).
  • Relevo: Formado pelo planalto da Borborema, próximo ao litoral, e pelo planalto do rio Parnaíba, a oeste. Entre os dois está a Depressão Sertaneja. Os planaltos são antigos e erodidos, com baixas altitudes.
  • Vegetação: Comumente  é a caatinga, com matas tropicais e de cocais a oeste e a leste.
  • Economia: Concentração industrial na faixa litorânea e pelo predomínio das atividades agrícolas no resto da região. Ela tem crescido por conta da migração de empresas do sul e sudeste, mesmo assim, cerca de 40% da população sobrevive com um salário mínimo.

Região Sul

O Sul é composto por Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

  • Clima:  Subtropical, sendo o mais frio do Brasil.
  • Vegetação:  Predomina a Mata de Araucárias nas áreas mais elevadas e a de campos (chamados de Pampas), nas outras áreas.
  • Relevo: Planaltos e Serras do Atlântico Leste-Sudeste e os Planaltos e Chapadas da Bacia do Paraná.
  • Economia:  Destaque na produção industrial, em que há relevância na produção de suínos, de gado, de fumo e de soja e também a indústria alimentícia, a têxtil, a metalúrgica e a automobilística.

Região Sudeste

A região sudeste abriga os estados do Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

  • Clima: Comumente tropical, mas nas regiões mais altas há o tropical de altitude (mais ameno). Ambos tem verão chuvoso e inverno seco.
  • Vegetação: Predominante é a Mata Atlântica, que foi devastada pela ocupação da região.
  • Relevo:  Planáltico e muito erodido, bem arredondado e chamado de “mares de morros”.
  • Economia: Se destaca na área da agricultura, sendo ela moderna e muito produtiva, com destaque para a produção de laranja, cana-de-açúcar e milho. Há também produção petrolífera na bacia de Campos e a perspectiva de prospecção na camada Pré-Sal. A região é destaque também por conta da cidade de São Paulo: importante centro financeiro e comercial do mundo.

Região Centro-Oeste

Esta região abriga os estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal.

  • Clima: Tropical, com verão chuvoso e inverno seco. As áreas do norte (próximas à floresta amazônica) são as mais úmidas.
  • Relevo:  Marcado pelo Planalto Central, é antigo e aplainado e forma extensos chapadões que, ao sul do Mato Grosso do Sul, dão lugar às planícies do Pantanal – alagadas apenas durante a época chuvosa.
  • Vegetação: Fora do Pantanal a vegetação dominante é o cerrado (chamado de cerradão em lugares onde há maior numero de árvores e de cerrado típico onde há mais gramíneas).
  • Economia:  Ressalto principalmente na agropecuária, especificamente na produção de soja, sendo muito rentável, além do milho e carne bovina.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.