Região Sudeste – Estados, clima, relevo, vegetação e hidrografia

Ocupando 10,85% do território nacional, a região sudeste do Brasil é composta por quatro estados, e é a região mais populosa e desenvolvida economicamente

0

O Brasil é dividido em cinco regiões, que são agrupadas de acordo com os seguintes critérios: aspectos naturais, sociais, culturais e econômicos.

A região sudeste, por sua vez, é formada por quatro estados, sendo eles: Espírito Santo (ES), Minas Gerais (MG), Rio de Janeiro (RJ), e São Paulo (SP).

Esta é considerada a segunda menor região do país, ocupando cerca de 10,85% do território nacional, que corresponde a aproximadamente 924.511,3 km².

A população da região sudeste tem cerca de 86 milhões de habitantes. Isso quer dizer que a densidade demográfica da região é cerca de 93 habitantes por km², caracterizando-a como maior região do país nesse quesito.

Economia da região Sudeste

A economia dessa região é a maior do país desde a época colonial, sendo voltada para a exploração do ouro em Minas Gerais, e da exploração do pau-brasil na Mata Atlântica localizada nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Em seguida, as plantações de café em São Paulo, e a chegadas das indústrias.

Essa região é caracterizada pelos maiores polos industriais do Brasil, apresentando o maior PIB do país. A região também possui as maiores regiões metropolitanas com São Paulo e Rio de Janeiro, que formam uma megalópole.

Por ser uma região desenvolvida economicamente, as pessoas começaram a migrar para o sudeste em busca de emprego e melhores condições de vida. Essas migrações, geraram uma diversidade cultural na região. No entanto, atualmente tem acontecido uma espécie de migração de retorno, quando as pessoas voltam para sua região de origem.

Vegetação do Sudeste

A maior parte da vegetação dessa região é composta pela Mata Atlântica, marcada por ser uma vegetação tropical, com espécies de alto porte devido ao alto índice de umidade. No entanto, essa é a vegetação mais devastada do Brasil, estando os animais que se abrigam nessa vegetação, a maioria em unidades de conservação.

Mata Atlântica
Mata Atlântica

Em Minas Gerais, podem ser encontrado também locais em que a vegetação é caracterizada pelo cerrado, aparentando a vegetação morta nas épocas secas, e com tons fortes e cheias de vida na época da chuva.

Clima da região Sudeste

A região sudeste possui em maior parte o clima Tropical, que se divide em tropical úmido nas áreas litorâneas, nos estados do Rio de Janeiro e Espirito Santo, e tropical de altitude em São Paulo e Minas Gerais, nesses casos as temperaturas sofrem grandes variações.

No entanto, o estado de São Paulo é dividido pelo trópico de Capricórnio, o que significa que uma parte mais ao sul do estado sofra a influência do clima subtropical.

Relevos do Sudeste

O relevo dessa região apresenta contrastes entre as superfícies elevadas, que podem variar entre 500 metros e 1200 metros, destacando as serras do Mar, da Mantiqueira, do Espinhaço e a Serra Geral e as amplas baixadas litorâneas do Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Serra da Mantiqueira
Serra da Mantiqueira

O relevo do sudeste é composto por planície litorânea atlântica, principalmente nos estados litorâneos como Rio de Janeiro e Espírito Santo. Já São Paulo possui a maior parte do seu território sobre os planaltos, mas possui uma região litorânea com muita influência histórica, sendo essa a baixada santista.

Dos estados da região sudeste, o único que não possui litoral é Minas Gerais.

Hidrografia da região Sudeste

Essa região possui importantes cursos d’água de bacias hidrográficas, como a nascente do rio São Francisco localizada em Minas Gerais, o rio Tietê em São Paulo, que assim como a maior parte do estado deságua na bacia do Paraná.

Além disso, a bacia do Atlântico Sudeste é a única que integra apenas os estados dessa região, que ocorrem principalmente nos estados do Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Leia também:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.