Regras de convivência para crianças – Valores e princípios

As regras de convivência são muito importantes para um ambiente mais agradável. Por isso, devem ser ensinadas às crianças desde cedo. Confira agora as principais regras de convivência e como ensinar-las às crianças.

0

As regras de convivência para crianças são de suma importância para um ambiente mais harmonioso. Uma boa convivência reflete no meio familiar, entre amigos e até mesmo no mercado de trabalho.

Por isso, além de conhecer bem essas regras, deve-se saber ensiná-las para as próximas gerações. Essas normas farão com que as crianças se desenvolvam com a ideia de respeito ao próximo. Caso tais regras não existissem, cada um se comportaria de acordo com seus desejos, sem ordem.

Em uma sociedade onde muitos deixaram de exercer essas normas de boa convivência, uma criança familiarizada a elas será um diferencial. Os pequenos que praticam as regras, serão adultos mais seguros e felizes.

Principais regras de convivência

As regras de convivência, são basicamente normas que auxiliam o indivíduo a conviver com todos de forma harmoniosa e respeitosa. Apesar de todas serem de grande importância, algumas devem ser ensinadas às crianças desde cedo. Essas principais regras de convivência são:

  • Compartilhar;
  • Tratar o próximo da mesma forma que deseja ser tratado;
  • Cumprimentar;
  • Esperar com paciência;
  • Não gritar;
  • Não bater ou brigar com os outros;
  • Ser educado;
  • Respeitar o pensamento das outras pessoas;
  • Pedir desculpas;
  • Dizer por favor e obrigado.

Valores e princípios

Além das principais regras de convivência, outras regras devem ser levadas em consideração durante o desenvolvimento da criança:

  • Não mentir;
  • Respeito ao próximo;
  • Cuidar do ambiente que vive;
  • Respeitar os mais velhos;
  • Não exigir coisas desnecessárias;
  • Ouvir com atenção;
  • Aceitar ser corrigido;
  • Entender suas responsabilidades.

O que fazer para a criança aprender as regras de convivência?

Para ensinar as regras de convivência para os filhos, os pais devem ser exemplo. A partir do momento em que os pais cumprimentam uma pessoa ou agradecem, os filhos farão o mesmo.

Além disso, algumas outras práticas podem auxiliar na hora de ensinar as regras de convivência:

Parabenize e corrija: Quando a criança tiver um bom comportamento, parabenize. Isso a incentivará a continuar com esses hábitos. Mas, caso a criança faça o contrário, não hesite em corrigir.

Comece o mais cedo possível: Quanto mais cedo ensinar a criança, mais ela se adaptará às regras. Logo, a prática será mais fácil.

Explique a importância: Sempre que houver oportunidade, explique para a criança que é muito importante seguir as regras de convivência. Além disso, explique os benefícios.

Não hesite no tempo: Sempre que puder, demonstre os bons modos à criança.

Programe jogos: De uma forma divertida, ensine a criança sobre os bons modos. O jogo deve ser de acordo com a idade do pequeno.

Não importa a idade que seu filho tiver. Sempre será importante ressaltar a importância dos bons modos. Isso o favorecerá a viver de forma mais respeitosa e tolerante com a sociedade.

Você também pode se interessar:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.