Saiba agora como consultar o abono salarial de maneira simples e rápida

Pagamentos começaram a ser liberados em fevereiro.

Se você ainda não fez a consulta ao abono salarial PIS/Pasep, saiba que os recursos para o pagamento desses benefícios foram liberados desde fevereiro.

Nesse sentido, o pagamento poderá ser de até um salário mínimo, ou seja, R$ 1.212. Continue a leitura e veja como consultar o abono salarial e o que é necessário para ter acesso ao benefício.

Leia mais: Governo define que na sexta-feira (17) também será ponto facultativo

Algumas informações sobre o pagamento do abono salarial

Em geral, o pagamento do PIS/Pasep é realizado ao longo dos doze meses do ano, mas o início ocorre no segundo semestre e se estende até o primeiro semestre do ano seguinte.

Contudo, em 2021, o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) resolveu aprovar uma alteração, ficando estabelecido que todos os depósitos passem a ser feitos em um mesmo ano.

Apesar da mudança no período de pagamentos, as regras e a forma de recebimento do abono continuam sendo as mesmas. Ademais, os pagamentos referentes ao calendário de 2021 só ocorrerão em 2023, uma vez que este ano, 2022, estão sendo feitos os depósitos correspondentes ao ano base de 2020.

Como consultar o abono salarial

A consulta pode ser realizada através do aplicativo Carteira de Trabalho Digital, que está disponível tanto para os sistemas operacionais Android quanto iOS. Caso você não possa baixar o aplicativo, também é possível acessar informações sobre o abono no portal gov.br.

Além disso, uma outra maneira de descobrir se você terá direito de receber o abono é por meio do número 158, canal que pertence ao Ministério do Trabalho e Previdência.

Trabalhadores que fazem parte de empresas privadas

Quanto aos trabalhadores de empresas privadas que estão com dúvidas se terão ou não direito ao PIS, é possível realizar a consulta pelo aplicativo da Caixa ou pelo site dessa instituição. Basta inserir o número do CPF ou do Número de Inscrição Social (NIS) e verificar se está apto a receber o benefício.

Quem não tem direito ao benefício do abono salarial?

Algumas categorias de profissionais, infelizmente, não são contempladas pelo abono, sendo eles: trabalhadores rurais empregados por pessoa física, trabalhadores empregados por pessoa física equivalente à jurídica, empregada doméstica e trabalhadores urbanos empregados por pessoa física.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More