12 Sintomas de esgotamento mental

Saiba o que é esgotamento, seus sintomas e como evitá-lo.

0

Com a pressão enfrentada diariamente, tanto no mercado de trabalho, quanto na Universidade, ou até mesmo em relações pessoais, o corpo pode alcançar o esgotamento mental. Isso gera impactos físicos e emocionais na pessoa.

Apesar de o cérebro humano possuir grandes habilidades, o excesso de atividades pode gerar o cansaço mental, que também reflete no físico. Logo, não é raro chegar ao esgotamento.

Hoje em dia, nem mesmo em momentos de descanso é possível relaxar, já que as pessoas se conectam ao celular e lidam com as responsabilidades pessoais. O que sobrecarrega ainda mais o indivíduo.

O que é esgotamento mental?

Com o aumento da demanda de atividades, as substâncias químicas do cérebro se excedem e faltam substâncias neurotransmissoras. Por isso, um bloqueio mental é causado, resultando em ansiedade e estresse.

É muito comum o indivíduo não se preocupar com os sintomas, o que pode ser perigoso e resultar no esgotamento de forma mais crítica. O impacto é pessoal e profissional.

Sintomas de esgotamento mental

Os principais sintomas de esgotamento mental são:

  1. Dificuldades para lembrar de informações e perda de memória;
  2. Perda de motivação e produtividade;
  3. Cansaço constante;
  4. Alterações de humor;
  5. Problemas gastrointestinais (azia, má digestão, refluxo, prisão de ventre);
  6. Angústia e ansiedade;
  7. Negatividade constante;
  8. Insônia;
  9. Pressão alta;
  10. Alterações no apetite;
  11. Problemas para concentração;
  12. Sentimento de incompetência.

Esgotamento mental – Síndrome de Burnout

Quando se fala em esgotamento diretamente ligado ao mercado de trabalho, o estresse crônico e a tensão gerada pelo ambiente é descrita como Síndrome de Burnout, ou Síndrome do Esgotamento Profissional.

É comum que a doença se manifeste em profissionais de área com envolvimentos mais interpessoais e diretos. Por exemplo, policiais, bombeiros, agentes penitenciários, professores, jornalistas e até mesmo as pessoas que possuem dupla jornada de trabalho.

Como evitar o esgotamento mental?

Para evitar o esgotamento mental, os gestores devem ter a preocupação de sempre motivar o profissional contratado. Assim como fazer o máximo para monitorar as demandas e as necessidades. Sempre mostrar reconhecimento e nunca sobrecarregar apenas um funcionário.

O gestor deve visar o bem estar dos funcionários, para assim atingirem o equilíbrio físico e mental.

Fugir da rotina também é uma boa opção, além da prática de exercícios físicos. Evitar o contato com pessoas negativas que sempre reclamam da profissão e conversar com pessoas de confiança também é recomendado.

Caso os sintomas persistam, o ideal é procurar um médico, o qual vai determinar o melhor tratamento para cada indivíduo.

Veja também:

 

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.