Tópico

Cultura Africana

Estima-se que existam até 2000 dialetos e centenas de culturas no continente africano; muitas delas são pouco estudadas pelos brasileiros

A África é o segundo maior continente do mundo. Nela vivem 1,2 bilhões de pessoas com culturas, etnias, história e línguas muito diferentes. Nem sempre é fácil agrupar um povo porque conflitos políticos, religiosos ou econômicos podem emergir dentro de um segmento da população com muitas características em comum.

Mesmo o estudo genético de uma grupo não fornece respostas definitivas e não soluciona o sentimento de pertencimento que povos podem ter ou não com a região onde habitam.

Continente Africano

Essa dificuldade existe porque no período do neoimperialismo (entre 1880 e a primeira guerra mundial) houve a chamada Partilha da África, em que potências europeias dividiram o continente e o ocuparam com a intenção de explorá-lo economicamente.

Essa divisão levou em consideração a influência das nações europeias, e não a divisão dos grupos étnicos africanos. Por isso, foram postos no mesmo país artificial grupos rivais e foram divididos em dois o mesmo grupo. Podemos notar esse fato quando examinamos o mapa da África, cheio de fronteiras arbitrárias entre países, traçados a régua no papel.

Entretanto, esforços têm sido feitos para agrupar, contabilizar e estudar as populações africanas. Podemos, por exemplo, estudar os povos usando somente o critério linguístico, em que são agrupadas as línguas que têm raízes comuns.

Nesse caso, o filo Niger-Congo, que reúne mais de 1600 línguas, seria o mais populoso, com 800 milhões de falantes. Ou podemos entender os grupos com critérios étnicos, que levam em consideração (além da língua) fatores como a ancestralidade, história, sociedade, cultura. Nesse caso então,  os Berberes, habitantes do Magrebe, seriam os mais populosos, com 100 milhões. Esses grupos, entretanto, somam centenas.

Por essas complicações estudaremos as culturas e etnias africanas por região. Por ser uma generalização simples, não pretendemos dividir os grupos étnicos com precisão, apenas dividir em cinco os principais pontos a serem abordados e falar, de forma geral, de populações muitas vezes desconhecidas no Brasil.

As regiões são: Norte da África, África Ocidental, África Centro-ocidental, África Centro-oriental e África Meridional (ou África Austral).


  1. É importante dizer que a contagem oficial da população de muitos grupos étnicos na África é duvidosa, devido à falta de infraestrutura para realizar censos e ao rápido crescimento populacional. Houve também acusações de erros deliberados para dar superioridade numérica a determinados grupos étnicos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More