Zoroastrismo

O Zoroastrismo foi a primeira religião monoteísta ética da história.

O Zoroastrismo, também chamado de Masdeísmo, se tornou a religião oficial dos persas no século VI a.C. Após a queda do Império Sassânida, ela foi substituída pelo Islamismo no século VII d.C.

Ainda existem pessoas que seguem esta religião, em sua maioria, indianos.

De modo geral, o Zoroastrismo é uma religião dualista, isto é, acredita na existência do bem e do mal.

Princípios do Zoroastrismo

O dualismo é representado por Ahura Mazda, deus do bem, e Aritmã, deus do mal. Ambos viviam guerreando.

O fim do mundo se daria quando Mazda saísse vitorioso na luta travada contra Aritmã. Assim, os indivíduos poderiam escolher o caminho a seguir, tendo em mente que suas ações determinariam o seu local após a morte.

Os seguidores do Zoroastrismo creem na ressurreição dos falecidos e na existência do paraíso, do inferno e do purgatório.

Como os imperadores eram considerados a representação do deus Mazda na Terra, a subjugação do povo a eles se tornava mais fácil.

Profeta Zaratustra

profeta Zaratustra (628 a.C. e 551 a.C.) foi o fundador da religião. Também conhecido por Zoroastro, ele foi um poeta e profeta nascido na Pérsia.

Acredita-se que ele recebeu revelações divinas aos 30 anos de idade. Ao pregá-las, ganhou inimigos que o perseguiram e o fizeram fugir de sua terra natal.

De acordo com a lenda, Zoroastro curou o cavalo enfermo de um governante que, como recompensa, o permitiu pregar em seu território, que se localizava no nordeste da Pérsia.

Assim, ele difundiu a sua crença e conquistou milhares de seguidores. Chamados de magos, os sacerdotes zoroastristas não se baseavam em tradições mágicas.

Símbolo do Zoroastrismo

Um dos mais conhecidos símbolos do Zoroastrismo é o Faravahar, um Disco Alado que representa a alma do ser humano antes do nascimento e depois da morte.

Zoroastrismo
Símbolo do Zoroastrismo – Faravahar

Livro sagrado do Zoroastrismo

O livro sagrado do Zoroastrismo é o Avesta. Assim como a Bíblia para os cristãos, ele reúne ensinamentos, orações e hinos.

O livro de Gathas é uma das partes mais importantes do livro sagrado, pois nele estão reunidos 17 cânticos escritos por Zoroastro.

Saiba mais em:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More