Uso da crase com os pronomes demonstrativos aquele, aquela, aquilo

Dúvidas do uso de acentos são comuns. Para saber como usar a crase nos casos dos pronomes demonstrativos aquele, aquela e aquilo, confira este artigo!


O uso da crase é o motivo de dúvidas constantes na língua portuguesa. A crase é aplicada em casos quando o termo regente exige a preposição a e o termo seguinte se inicia com a letra a, como aquele, aquela e aquilo.

Confira mais informações e exemplos sobre o uso da crase com os pronomes demonstrativos.

Aquele, aquela, aquilo com crase

Uma das ocorrências de uso do a prepositivo é com os verbos transitivos indiretos que demandam essa preposição antes do complemento. Confira os exemplos:

  • Quero agradecer àqueles que me informaram sobre a situação.
  • Dediquei àquela cliente muita atenção.
  • Refiro-me àquilo que aconteceu com minha mãe.
  • Voltei, então, àquela estalagem dos sonhos de abril!
  • Assisti àquele filme tantas vezes que conheço as falas.

Exemplos sem o uso da crase

Já os verbos transitivos diretos não necessitam de preposição para se ligar ao complemento da oração.

  • Espero aquele rapaz vindo agora.
  • Fiz aquilo que você disse.
  • Era exatamente a isso que a gente se referia.

Neste último exemplo, o pronome demonstrativo isso não se iniciou com a, logo, não há a necessidade de crase.

Leia também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.