Células diploides e haploides

A classificação das células é feita com base no conjunto cromossômico da espécie.

As células são classificadas a partir do número de cromossomos que ela possui, podendo ser haploides ou diploides.

Os seres humanos apresentam células diploides e haploides, qualquer mudança cromossômica que mude a configuração desse conjunto cromossômico causa síndromes no indivíduo, como a Trissomia 21.

Células haploides

As células haploides são representadas por (n), elas possuem apenas metade do conjunto cromossômico de uma espécie.

Elas são formadas por meiose e nos animais elas fazem parte do ciclo reprodutivo, pois as únicas células com metade dos cromossomos são os gametas.

O conjunto cromossômico dos humanos, por exemplo, é formado por 46 cromossomos. As únicas células haploides são os ovócitos secundários nas mulheres e os espermatozoides nos homens, que possuem 23 cromossomos, cada uma.

Na fecundação, o ovócito secundário e o espermatozoide se unem e formam o zigoto com 46 cromossomos.

Células diploides

As células diploides possuem o conjunto total de cromossomos da espécie que estão organizados aos pares, elas são representadas por (2n).

Cada par de cromossomos possui os mesmos genes, provenientes de progenitores diferentes, eles são chamados de cromossomos homólogos.

As células diploides formam todo o corpo dos animais, com exceção dos gametas, e se proliferam através de mitoses.

Por isso, todas as células do corpo humano com 46 cromossomos são chamadas diploides e representadas por 2n.

Veja também:

CélulasCromossomos