Animais da Amazônia

A Amazônia possui uma biodiversidade surpreendente, com inúmeras espécies da sua fauna. Conheça os animais da Amazônia e os animais que estão em risco de extinção.

0

A Amazônia é composta por 7 milhões de quilômetros quadrados com mais de 5,5 milhões de quilômetros cobertos por floresta tropical. Somado a isso, a Floresta Amazônica possui a maior biodiversidade em uma floresta tropical do mundo, com um ecossistema equilibrado.

Dessa maneira, essa região funciona como um berço de grande diversidade, com características propensas ao desenvolvimento e reprodução de espécies da flora e da fauna.

Além disso, a Floresta Amazônica abriga cerca de 2,5 milhões de espécies de insetos, 3 mil de peixes, 1.300 aves, 428 anfíbios, 427 mamíferos e 378 répteis.

Com isso, percebe-se a grande diversidade existente na floresta e o grande número de animais que a possuem como lar. Por isso, para uma maior conhecimento dos animais da floresta, confira uma lista com alguns dos animais da Amazônia.

Animais da Amazônia

Onça-pintada

Onça Pintada

A onça pintada é o terceiro maior felino do mundo e um dos maiores símbolos da Floresta Amazônica. É um animal predador e carnívoro, o qual é responsável pelo equilíbrio das populações de outros animais.

Além disso, é um animal noturno e costuma dormir durante o dia. Este animal está na lista dos animais que se encontram em extinção.

Puma

Animais da Amazônia: Puma

O puma é outro felino da Amazônia, bastante ágil e raro. Ademais, como a maioria dos felinos, são solitários e territorialistas, sempre marcando seus territórios.

É um dos maiores felinos da espécie, menor apenas que a onça pintada. Este animal é nativo da América e pode ser encontrado em países como Chile e Canadá. No Brasil, o puma é conhecido como suçuarana e leão-baio.

Cachorro-vinagre

Este animal possui esse nome pois pode ser bem parecido com um cachorro doméstico e apresenta uma coloração avermelhada, com uma cauda curta.

São bastante adaptados aos ambientes aquáticos e possuem pequeno porte. Sua alimentação é basicamente à base de aves, pequenos roedores e répteis.

Mico-Leão-Dourado

Tudo sobre o mico-leao-dourado

O mico-leão-dourado é um símbolo do Brasil e era muito comum na Amazônia. Porém, atualmente, ele se encontra na lista dos animais ameaçados de extinção.

Este animal possui possui em média 800 gramas e consome mais de 60 espécies de plantas. Além disso, ele é um animal bastante agitado, brincalhão e seu pelo e seus olhos possuem cores vibrantes.

Macaco-aranha-de-cara-branca

Animais da Amazônia: Macaco Aranha da cara branca

O macaco aranha é mais comumente encontrado nos estados do Pará e do Mato Grosso. Além disso, ele prefere ficar em regiões próximas aos rios, como o Rio Tapajós, o Rio Xingu e o Rio Teles.

Macaco-prego

O macaco prego é outra mamífero característico da Amazônia, sendo também chamado de mico-de-topete. Eles possuem porte médio, medindo até 48 cm e seu peso varia entre 1,3 kg até 4,8 kg.

Além disso, eles possuem alta capacidade de adaptação, vivendo em diferentes ambientes e tipos de vegetação.

Boto

Animais da Amazônia: Boto

O boto também é um dos símbolos da do Brasil e da Amazônia. É um mamífero aquático, dócil, alegre e interage bem com os humanos. Também é conhecido como golfinho e pode medir até 2,5 metros e pesar mais que 160 kg.

Uma curiosidade acerca do boto é que ele é o personagem de uma lenda folclórica brasileira. Na lenda ele assume forma humana nas noites de lua cheia e engravida mulheres nas margens do rio.

Bicho Preguiça

Animais da Amazônia: Bicho-preguiça

O bicho preguiça é um mamífero arborícola, ou seja, passa maior parte da sua vida nas árvores. Além disso, sua alimentação é feita principalmente de de folhas novas de árvores, como da embaúba, a ingazeira e a figueira.

É encontrado em vários estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Este animal possui esse nome em decorrência do seu metabolismo muito lento, fazendo com que seus movimentos sejam extremamente vagarosos.

Garça-real

Animais da Amazônia: Garça Real

A Garça-real é uma das espécies mais lindas da Amazônia, com suas belas cores. Suas penas do corpo são branco-amareladas, no topo da cabeça elas são pretas e seu bico é azul.

Além disso, ela se alimenta de frutas e pequenos animais, possui hábitos solitários e vive ao Norte do Brasil, em meio às árvores próximas ao Rio Amazonas.

Jacaré-açu

Animais da Amazônia: Jacaré-Açú

Também conhecido como jacaré-negro, o jacaré-açu é uma espécie exclusiva da América do Sul. Este predador está no topo da cadeia alimentar e se alimenta de pequenos animais como peixes, capivaras, veados, tartarugas, etc.

Entretanto, esse animal pode atacar e comer qualquer outro predador, como onças, pumas, jiboias e sucuris. Essa espécie esteve muito ameaçada de extinção, pelo alto valor do seu coro negro no mercado. Porém, atualmente existe apoio para a proteção desse animal e sua população já encontra-se estável no Brasil.

Harpia

Animais da Amazônia: Harpia

Esta belíssima ave possui como habitat principal as florestas tropicais e possui excelente capacitação para voos acrobáticos, essenciais para ambientes florestais e de mata fechada.

Além disso, é comumente chamada de Gavião-Real, sendo predadoras muito eficazes, com garras muito compridas, e se mostra uma das maiores aves de rapina do mundo.

Seu nome tem origem da mitologia grega, em que as “Harpias” eram mulheres com sua fisiologia de águia, possuindo corpo de águia, com seios e cabeça de mulher.

Pavãozinho-do-Pará

Animais da Amazônia: Pavãozinho do Pará

É encontrada na Amazônia, mas está presente em muitas outras regiões do país e na América do Sul. Essa ave é bastante intrigante, com coloração cinza-azulada e castanha, bico longo, reto e pontudo e suas asas são bastante largas e grandes.

Este pássaro alimenta-se principalmente de insetos, crustáceos, rãs e peixes pequenos.

Uirapuru-verdadeiro

Animais da Amazônia: Uirapuru-verdadeiro

O Uirapuru-verdadeiro é um pequeno pássaro e um dos símbolos da Amazônia. Ele é encontrado geograficamente em toda a Amazônia e em outros países que fazem fronteira com o Brasil.

O Uirapuru possui aproximadamente 13 centímetros e sua coloração é castanha avermelhada na cabeça, com listras brancas pelo dorso, ventre amarelado e coloração marrom no resto do corpo.

Arara Vermelha

Esta ave exalta uma beleza com sua coloração marcante. Sua coloração predominante é vermelha, parte da sua face é branca e parte das asas apresentam a cor verde, azul e amarelo.

Medem aproximadamente 90 centímetros e pesam cerca de 1 quilo. Além disso, ela está presente na Amazônia, mas se distribui pelos estados e países que fazem fronteira com a região.

Tucano-toco

O tucano é uma ave muito característica e símbolo do continente da América do Sul. Também é muito conhecido como tucanuçu e possui penas pretas pelo corpo e brancas no pescoço.

Seu bico chama muita atenção pois tem coloração laranja que contrasta com o resto do corpo. Sua alimentação é baseada em frutas, insetos, lagartos, ovos e filhotes de outras aves.

Caburé-da-amazônia

Animais da Amazônia: Caburé da Amazônia

Esta coruja é uma ave bem pequena e específica da Amazônia. Ao contrário de muitas corujas, ela possui hábitos parcialmente diurnos. Ela se alimenta principalmente de insetos como gafanhotos, besouros, baratas, etc.

Sucuri

Cobra Sucuri

A sucuri faz parte das espécies semiaquáticas de cobras e pode ser denominada de anaconda. Ela é conhecida por ser uma das maiores cobras do mundo.

São excelentes predadoras, se alimentando de peixes, jacarés, capivaras e aves aquáticas. Entretanto, ela pode se alimentar de animais domésticos e ser uma espécie ameaçadora para os humanos.

Jararaca

Animais da Amazônia: Jararaca

A jararaca é uma serpente venenosa e pode ser encontrada em quase todas as regiões do Brasil. Com isso, elas são protagonistas de muitos acidentes relacionados à sua natureza venenosa pelo Brasil.

Além disso, elas podem apresentar diferentes tamanhos, podendo chegar até dois metros de comprimento.

Sanhaçu-da-amazônia

Animais da Amazônia: Sanhaçu da Amazônia

O sanhaçu-da-amazônia está presente em toda a região amazônica e em regiões de fronteira. Este pássaro é bem pequeno, medindo cerca de 17,5 centímetros e pesando cerca de 30 gramas.

Se alimenta predominantemente de frutas, mas também ingere insetos e botões de flores.

Piranha Vermelha

Animais da Amazônia: Piranha Vermelha

Este peixe possui esse nome por sua coloração avermelhada. Além disso, é um predador agressivo, com dentes afiados e ataques frenéticos.

Habitam principalmente os rios Amazonas, Paraná e São Francisco. Além disso, podem medir até 30 centímetros e sua alimentação é baseada em outros peixes, insetos, moluscos e crustáceos.

Pintado

Animais da Amazônia: Pintado

O pintado é um peixe que ocupa as bacias do São Francisco, Paraná e Prata. Além disso, ele possui esse nome pois tem múltiplos pontos pretos em sua pele acinzentada.

Seus hábitos alimentares são carnívoros e se alimenta de pequenos peixes.

Irapuá

Animais da Amazônia: Abelha Irapuá

É uma abelha que vive em colônia e possui comportamento agressivo, atacando outras abelhas.

Possui coloração negra e mede cerca de 7 milímetros de comprimento, não possuindo ferrão. Entretanto, quando se sentem ameaçadas, procuram entrar em orifícios dos agressores, como orelhas e narinas.

Bicho-pau

Animais da Amazônia: Bicho Pau

O bicho-pau representa muitas espécies, encontradas em todos os continentes. Apesar disso, o maior número de espécies são encontradas nas Florestas Tropicais, como na Floresta Amazônica. Eles não possuem asas e sua coloração é marrom.

Por isso, se parecem com galhos secos e podem se camuflar nas árvores. Eles se alimentam de plantas, podendo se alimentar de folhas, flores, brotos, frutas e de seiva.

Animais em extinção

Muitos animais presentes na amazônia estão listados como animais em extinção. Isso se dá pela exploração humana e captura desses animais para viverem em cativeiro, tráfico ou para uso de suas peles e penas.

Além disso, as queimadas e o desmatamento representam um fator de risco que podem causar extinções. Algumas dessas espécies em extinção são:

  • Onça Pintada;
  • Arara azul;
  • Ariranha;
  • Gato-macarajá;
  • Lobo-guará;
  • Macaco-aranha;
  • Mico-leão-dourado;
  • Tamanduá-bandeira;
  • Peixe-boi da Amazônia;
  • Ararajuba;
  • Puma;
  • Macaco prego;
  • Gato-do-mato;
  • Papagaio-de-peito-roxo;
  • Boto cinza.

Preservação da Floresta Amazônica

Como dito anteriormente, a Amazônia apresenta a maior biodiversidade de uma floresta Tropical do mundo. Assim, se torna o lar de espécies variadas e em grande número.

Além disso, possui algumas espécies endêmicas que só residem na Amazônia. Dessa forma, é muito importante a preservação e manutenção para a sua existência, como habitat e fator de sobrevivência da flora e fauna.

Veja também:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.