Aprenda como montar o melhor projeto escolar!

Por meio de um bom projeto escolar, é possível trabalhar temas específicos envolvendo toda a comunidade escolar, além da própria família dos alunos.

0

Você, educador, ou até pai e mãe de aluno, já deve ter lido ou ouvido falar em expressões, como “projeto Páscoa, projeto Copa do Mundo, projeto Dia das Mães”, e por aí vai. Como tudo o que envolve a palavra “projeto” parece complicado, com certeza se perguntou por que algo assim está sendo desenvolvido na escola em que está inserido.

A resposta é simples, assim como o desenvolvimento do próprio projeto. Trata-se da transformação de uma ideia em realidade ao trabalhar temas específicos com toda a comunidade escolar. Isso pode partir de datas comemorativas, eventos importantes, prevenções ou situações cotidianas.

O que é necessário para desenvolver um projeto?

O primeiro entendimento é que o projeto precisa ser desenvolvido não, apenas, por um professor, mas, por toda a escola. Isso significa que a sua prática exige pesquisa, dedicação e esforço de professores, coordenadores, equipe, alunos e, também, dos pais e familiares. Sendo assim, deve ser pensado coletivamente.

A duração de um projeto pode ser de um dia até um ano letivo. Isso depende do seu objetivo. Um projeto do Dia do Circo, por exemplo, pode durar apenas a data específica, mas, algum que envolva a Copa do Mundo tende a se estender por meses, até a realização do Mundial.

Justamente por isso, há a possibilidade de andar com um projeto em concomitância com outro. Quer um exemplo? Vejamos um programa que pretenda desenvolver a integração da família com a escola. Ele pode durar o ano letivo inteiro, concorda? Mas, ao longo desse tempo, a comunidade pode inserir projetos paralelos, como Dia das Mães, Dia dos Pais, etc.

Como montar um projeto escolar?

O projeto escolar funciona como um projeto de pesquisa mesmo, ou seja, precisa ter título (ou tema), duração, justificativa, objetivos (gerais e específicos), culminância, metodologia, avaliação e anexos. Mas, o que colocar em cada tópico? Calma que vamos ver, cada um, a partir de agora!

Título/tema

Aqui, é onde a ideia, em si, será colocada. É importante criar um título que, de imediato, desperte a atenção da comunidade. Por exemplo, um projeto sobre a Copa do Mundo. Qual dos títulos a seguir chama mais a atenção: “Copa do Mundo” ou “Entrando em campo com a Copa do Mundo”?

Uma ideia legal é contar com a participação de todos na criação do tema. Até porque toda a escola estará envolvida, então, nada mais justo que ela, por inteiro, compartilhe do momento de desenvolver o tema do projeto. Lembre-se, também, de criar um projeto sob o ponto de vista interdisciplinar.

Duração do projeto

O tópico diz respeito ao tempo durante o qual o projeto será desenvolvido. Isso vai depender, justamente, do tema a ser trabalhado. Portanto, pode durar de um dia até todo o ano letivo.

Justificativa

Por que desenvolver um projeto Dia das Mães? Ou, qual o motivo de iniciar um projeto sobre a Prevenção do Suicídio? Neste ponto, você irá explicar de onde saiu a ideia, porque quer colocá-la em prática, o que fez a escola trabalhar o tema. Para embasamento, pode usar suporte histórico ou literário. Um texto de cinco a dez linhas é suficiente.

Objetivos

A maior dúvida é diferenciar os objetivos gerais dos específicos. O objetivo geral é o foco principal do projeto ou seja, o seu mote. Os específicos são aqueles oriundos dele, suas ramificações. Tenha em mente o que a escola pretende alcançar, quais competências desenvolver e o impacto que o projeto gerará.

O cuidado que se deve ter é não inserir objetivos demais, pois, pode não dar tempo de realizar todos. O ideal é ter um objetivo geral e, no máximo, quatro objetivos específicos. Exemplo:

Projeto Arte na Escola

Objetivo geral: compreender a importância do ensino de Artes na Educação Infantil
Objetivos específicos: conhecer os diferentes tipos de artes, aprender sobre movimentos artísticos no Brasil, desenvolver atividades artísticas, integrar os alunos em atividades criativas.

Culminância

É o ponto alto do seu projeto, quer dizer, onde ele termina, sua finalização. O Projeto Copa do Mundo, por exemplo, pode terminar na realização de um torneio envolvendo todas as turmas em diferentes atividades.

Metodologia

Nada mais do como você vai desenvolver o projeto, que meios irá utilizar ou como trabalhará. A justificativa é por que e a metodologia é como vai trabalhar o projeto. É importante que ela seja colaborativa, integrativa, multidisciplinar e abrangente. Afinal, o intuito é que todos participem, certo?

Avaliação

Neste tópico, é necessário descrever como os alunos serão avaliados durante o desenvolvimento do projeto. Assim, deverá informar se a avaliação será qualitativa (interesse, participação e interação) ou quantitativa (revisão dos cadernos, apresentações feitas).

Anexos

Sugestões de atividades que sejam condizentes com o projeto. Especifique quais atividades serão desenvolvidas, em qual período, envolvendo quais turmas e de que recursos precisará dispor.

A estrutura do projeto deve ser de, no máximo, dez páginas, facilitando sua leitura e compreensão. O projeto escolar deve ser acompanhado por uma equipe que vai registrar seu andamento e efeitos. Por isso, é importante listar todas as pessoas que estarão envolvidas e suas respectivas funções, tanto no programa, como na escola.

Confira uma lista de projetos escolares prontos e gratuitos desenvolvidos pelo escola educação:

Projeto Páscoa
Projeto Cores
Projeto Volta as Aulas
Projeto Animais
Projeto Higiene Bucal
Projeto Dia das Crianças
Projeto Folclore
Projeto Halloween
Projeto Dia dos Pais
Projeto Dia das Mães
Projeto Sítio do Pica Pau Amarelo
Projeto Identidade
Projeto Poesia 
Projeto Sistema Solar 
Projeto Moradia
Projeto Leitura e Escrita
Projeto Meio de Transporte
Projeto Circo
Projeto Festa Junina
Projeto Cinco Sentidos
Projeto Água
Projeto Profissões
Projeto Estações do ano
Projeto Alimentação Saudável
Projeto sobre Meio Ambiente
Projeto animais
Projeto Corpo Humano

E aí, aprendeu como fazer um projeto escolar? Já brotaram algumas ideais aí, na sua cabeça? Então, mãos à obra porque está na hora de colocar tudo isso em prática!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.