Atividades recreativas para Educação Infantil

As atividades recreativas são excelentes para auxiliar na socialização das crianças. Além disso, são importantes para ajudar no desenvolvimento intelectual, motor e psicológico.

0

As atividades recreativas são uma ótima oportunidade para promover a socialização das crianças. Além disso, as atividades podem proporcionar o desenvolvimento intelectual, psicológico e físico dos participantes.

Isso acontece porque as atividades proporcionam um momento de integração e relacionamento entre as eles, de forma que também trabalha aspectos morais e pode utilizar exercícios que exigem um bom desempenho manual.

Essas atividades podem ser utilizadas em qualquer âmbito social, seja na escola, na reunião de família, ou em algum lugar brincando com os amiguinhos.

Confira essa lista de atividades recreativas para você escolher a que achar mais legal ou mais assertiva para o momento escolhido.

Atividades recreativas para Educação Infantil

Construção de Identidade

Brincadeira da Identidade

A brincadeira é muito interessante, pois seu objetivo é que todos percebam suas particularidades com crianças pequenas. Com isso, os materiais necessários são um papel ou cartolina que seja do tamanho das crianças, canetinhas, espelho, fita adesiva e tesoura.

Para fazer a brincadeira, primeiro deve-se pedir para que as crianças se deitem no papel e desenhem suas silhuetas.

Após isso, devem ser recortadas do tamanho e do jeito que foi desenhado. Depois, ao entregar o espelho para eles, deve-se pedir para que cada um desenhe suas próprias características e feições, incluindo o cabelo, os olhos, boca, etc.

Quando todos terminarem, coloque os desenhos na parede com fita adesiva e peça para todos comentem o desenho do colega e digam o que acharam diferente. Além disso, é interessante deixar cada um dizer sobre o que e porque desenhou a si próprio daquela maneira e instigá-las sobre suas belezas.

Dinâmica do nome

Brincadeira do nome

Essa brincadeira é muito proveitosa para ser feita quando as crianças ainda estão se conhecendo, como nos primeiros dias de aula, ou quando as crianças estão se enturmando na igreja, etc.

A proposta dessa dinâmica é todos sentarem em uma roda e vez por vez os integrantes vão dizer seu nome. Além disso, junto ao nome a própria pessoa deverá realizar uma ação que comece com a primeira letra do seu nome.

Após isso, todos deverão repetir o nome e o movimentos juntos. Assim, essa brincadeira é útil para todos se conhecerem e lembrarem o nome de cada coleguinha.

O que você parece para mim…

Brincadeira "o que você pensa sobre mim"

Essa brincadeira deve ser feita logo no início da integração das crianças ou adolescentes, porque eles ainda não se conhecem a fundo mas já perceberam algumas características dos colegas.

O objetivo dessa dinâmica é exaltar as qualidades, ou apontar falhas e melhorar a socialização. Os materiais necessários são papéis, fita adesiva e canetas.

Para realizar a dinâmica, basta colar um papel nas costas de cada participante e pedir para cada um escrever nas costas do colega aquilo que for proposto na brincadeira, as qualidades, sentimento ou falhas.

Caixa surpresa

Caixa surpresa

O objetivo aqui é desenvolver o tato das crianças e sua capacidade de imaginar e sentir aquilo que estará dentro de uma caixa.

Assim, para realizar essa brincadeira basta ter uma caixa de papelão com um furo em cima e vários objetos para colocar lá dentro, como uma bonequinha, tampinhas, garrafas, botões, caneta, balinhas, pirulito, etc.

Bola por cima, bola por baixo

Brincadeira 'bola por cima, bola por baixo"

Essa brincadeira tem como objetivo auxiliar no desenvolvimento da coordenação motora das crianças. Para realizá-la basta ter um bola.

As crianças devem ser organizadas em duas fileiras e dizer que aquilo será uma competição entre as duas para ficar mais divertido e difícil, estabelecendo uma premiação para a equipe vencedora.

Após isso, deve se orientar as crianças que a brincadeira se desenvolverá na medida que elas passarem a bola para o coleguinha de trás e o último que pegar a bola deve correr para frente e começar de novo até que o participante que estava em primeiro volte ao início da fila.

Além disso, a fila deverá desenvolver-se três vezes. Na primeira as crianças devem passar a bola por cima da cabeça ao entregar para o colega de trás, na segunda por debaixo das pernas e na terceira o primeiro participante passa por cima, o segundo por baixa e todos devem alternar.

Terra, ar e mar

Brincadeiras em grupo: Mímica

Essa brincadeira é excelente para estimular o desenvolvimento cognitivo das crianças. Para fazer a atividade, uma criança deve ser escolhida como mestre. Após isso, as crianças devem ser orientadas sobre a brincadeira e a ficarem em fila.

Deve ser dito que o jogo consiste em pensar rápido e dizer algum animal que vive na terra, na água, ou no mar. A indicação deverá ser feita de forma pelo mestre que a cada vez de uma criança da fila ele irá dizer uma das opções e a criança da vez deverá dizer um animal que ali vive.

Se a criança errar o demorar para dizer o nome ela deverá pagar uma prenda imitando o animal que errou.

Caça ao tesouro

Caça ao tesouro

Essa brincadeira é bem divertida e estimula o desenvolvimento cognitivo das crianças. Primeiro deve-se esconder um tesouro em algum lugar e pensar em pistas para serem deixadas ao longo do caminho.

Para encontrar essas pistas, perguntas deverão ser feitas sobre algum conhecimento geral, ou no caso da escola sobre alguma matéria vista no dia ou semana. Assim, quando elas responderem uma pergunta certa uma pista será dada para ir a algum lugar. Ao fim, que encontrar o tesouro primeiro vence.

Contrário

Jogo do Contrário

Nessa brincadeira uma criança deve ser escolhida por algum sistema de escolha para ser a mestre da brincadeira. Após isso, as crianças devem formar uma fila, ficando uma de lado para outro.

A criança que é a mestre deve dar os comandos, porém os movimentos que os participantes devem fazer é na verdade o contrário que a mestre disse. Ou seja, se ela disse “para frente” todos deverão ir para trás.

As crianças que fizerem movimentos errados vão saindo da brincadeira e vence a que ficar por último.

Veja também:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.