Tudo sobre Badminton – Origem, história, regras e fundamentos

Mesmo com origem incerta, a modalidade ganha mais espaço a cada dia, conquistando muitos adeptos ao redor de todo o mundo.

1

Considerado o esporte de raquete mais rápido do planeta, a velocidade de uma peteca em um jogo profissional de badminton pode ultrapassar os 300 km/h.

A modalidade, que está presente nas Olimpíadas, pode ser praticada por homens e mulheres, em partidas individuais ou em dupla. Crianças também podem jogar, e têm, inclusive, um torneio mundial voltado especialmente para elas, o World Juniors, organizado pela BWF.

Partida de Badminton (Semifinal)
Partida de Badminton (Semifinal)

Ele tem algumas similaridades com o tênis, e é praticado com uma raquete e uma peteca, que também pode ser chamada de birdie ou volante.

Atualmente, os maiores destaques são os países asiáticos, que sempre ocupam os lugares mais altos do pódio em competições mundiais.

História do Badminton

De acordo com informações da Confederação Brasileira de Badminton (CBBd), a modalidade nasceu na Índia, por volta de 1800, como o nome de Poona. Alguns oficiais ingleses que estavam prestando serviço na colônia se interessaram pela prática e a levaram para a Inglaterra.

Algum tempo depois, por volta de 1870, o esporte começou a ser praticado na Badminton House, que era propriedade do Duque de Beaufort’s e ficava no condado de Gloucestershire, Inglaterra.

Badminton House
Badminton House

Apesar disso, há relatos anteriores de práticas semelhantes, desde a Grécia Antiga, até outros lugares da Europa e Ásia. As crianças inglesas, na idade média, praticavam o Battledores and Shuttlecocks, muito semelhante ao badminton.

O fato, é que no século XIX, com a prática na Inglaterra, ele ganhou visibilidade em outros países da América, Ásia e da própria Europa.

Em 1934, foi fundada a Federação Internacional de Badminton (IBF), que atualmente se chama Federação Mundial de Badminton (BWF). A sua fundação, reuniu, além da Inglaterra, País de Gales, Canadá, Nova Zelândia, Dinamarca, França, Escócia e Holanda.

A sede da BWF está situada no local de origem do esporte, em Gloucestershire, na Inglaterra. Entre as suas principais atribuições, está a realização de competições da modalidade.

As mais conhecidas são a Uber Cup, que é o campeonato mundial feminino de equipes, Thomas Cup, o campeonato mundial masculino de equipes, Sudirman Cup, de equipes mistas e o World Grand Prix Finals.

Aos países iniciais, somaram-se outros tantos, e hoje, e Federação possui mais de 170 membros. A maioria dos destaques mundiais do badminton estão na Ásia. Neste esporte, nações como Malásia, China, Coréia e Indonésia são as maiores potências do mundo.

Nos Jogos Pan-Americanos o badminton foi disputado pela primeira vez em em 1995, na Argentina. Na Olimpíadas, a primeira participação do esporte foi em Barcelona, no ano de 1992.

Badminton no Brasil

No Brasil, o esporte ainda não é muito popular. A primeira competição aconteceu somente em 1983, com o nome de Taça São Paulo. Contudo, a Confederação Brasileira de Badminton só foi fundada dez anos depois, em 1993. Atualmente ela tem 15 federações filiadas.

A primeira medalha brasileira em competições mundiais só foi conquistada em 2007, nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro. Em relação às Olimpíadas, a estreia brasileira aconteceu em 2016, também no Rio de Janeiro. Apesar de ser um marco importante para o esporte, nenhuma medalha foi conquistada pelos atletas brasileiros.

Fundamentos e Regras

  • O badminton pode ser jogado individualmente ou em duplas (masculinas, femininas ou mistas);
  • A equipe de arbitragem é composta por árbitro principal, juíz de serviço e juíz de linhas;
  • Para jogar, os competidores utilizam uma pena e uma raquete, em movimentos de saque e defesa;
  • Marca ponto quem fizer com que a peteca toque a quadra da equipe adversária;
  • O serviço deve ser feito sempre na diagonal, caso contrário, o ponto vai para o adversário;
  • As partidas são disputadas em três sets de 21 pontos cada. Vence quem fechar dois sets primeiro;
  • Durante uma jogada a peteca não poderá ser tocada duas vezes, na rebatida ela deve ultrapassar a rede e ir para a quadra adversária;
  • Será considerada falta se a peteca acertar um dos jogadores ou os arredores da quadra;
  • Também é falta se o jogador encostar na rede ou se o espaço do adversário for invadido.

Quadra

O tamanho da quadra de badminton pode variar de acordo com a quantidade de jogadores da partida. Se ela for individual, o comprimento será de 13,4 metros e a largura será de 5,18 metros de largura. Caso a competição seja em duplas, a largura passa a 6,10 metros.

Dimensões de uma quadra de quadra de badminton
Dimensões de uma quadra de quadra de badminton

Ela é dividida ao meio por uma rede que fica a 1,55 metros do solo.

Ela é dividida em área de saque direito e área de saque esquerdo, e em diversas linhas: saque longo para simples, saque longo para duplas, saque curto, saque central, lateral para simples e lateral para duplas.

Equipamentos

Conforme mencionado acima, os equipamentos principais do jogo são a raquete e a pena.

Equipamentos de Badminton
Equipamentos de Badminton

A raquete é muito leve, com um peso de aproximadamente 100 gramas. A medida média é de 68 centímetros de comprimento, e deve ser feita de materiais muito resistentes, como por exemplo, titânio ou fibra de carbono.

A peteca de badminton tem peso variável entre 4,7 e 5,5 gramas e tamanho entre 62 e 70mm. Ela pode ser feita de pena de gansos, ou ainda de materiais sintéticos para ter uma duração maior.

Conheça detalhes de outros esportes:

você pode gostar também
  1. Fernana Diz

    Eu achei q iria aparecer as 10 regras

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.