Bastet, Deusa da fertilidade, protetora das mulheres

Saiba quais eram as origens e características da deusa protetora dos felinos domésticos.

0

Bastet era a antiga deusa egípcia protetora dos gatos. Ela era filha de Rá, o deus do sol. Como protetora, ela era vista como defensora do faraó e, consequentemente, do deus-chefe Ra.

Ela era adorada pelo menos desde a Segunda Dinastia no Egito Antigo. O centro de seu culto foi em Per-Bast, local que foi nomeado em homenagem a ela. Originalmente, ela era vista como a deusa protetora do Baixo Egito e, portanto, sua imagem era a de um leão feroz.

Origem e Características

Seu nome significa “devoradora”. Ela era originalmente uma deusa do sol, mas depois, com a influência grega, se tornou a deusa da lua. Na mitologia grega, Bastet também é conhecido como Aelurus .

Mais tarde, Bastet tornou-se a deusa dos perfumes. Em conexão com isso, quando Anúbis se tornou o deus do embalsamamento, Bast, como deusa do unguento, foi considerada sua mãe, até que Anúbis se tornou o filho de Nephthys.

Artigos relacionados
1 De 4

Esta característica mais delicada, de Bastet como deusa dos perfumes, e a perda do Baixo Egito nas guerras entre o Alto e o Baixo Egito resultaram na sua visão como um gato doméstico e não mais como um leão.

Como os gatos domésticos tendem a ser carinhosos e protetores em relação aos filhos, Bastet também era considerada uma boa mãe. Portanto, uma mulher que queria filhos às vezes usava um amuleto mostrando a deusa.

Adoração

Bastet era a divindade felina mais honrada do Egito Antigo. O culto de Bastet começou em torno da cidade de Bubastis, localizada no Delta do Leste no Baixo Egito. Essa foi uma importante cidade do Reino Antigo, até o final do período.

No início, a cidade foi chamada Per-Bast, que se traduz como “o domínio de Bastet”. Mais tarde a cidade foi chamada Bubastis. Hoje chama-se Tell Basta.

Festas em homenagem a deusa foram chamadas de “Procissão de Bastet”, “Bastet protege as duas terras”, “Bastet sai de Per-Bast”, “Bastet aparece antes de Rá” e o “Festival de Hathor e Bastet”.

Seus principais festivais eram celebrados nos meses de abril e maio. Mais de 700.000 pessoas de todo o Egito, muitas vezes em barcos, navegavam ao longo do Nilo enquanto cantavam e festejavam a divindade.

Quer ver mais? Veja a lista completa dos Deuses do Egito: Todos os Deuses do Egito

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.